Não existe financiamento de carro com taxa zero de juros. Você precisa ter muito cuidado com esta e outras pegadinhas de marketing utilizadas pelas montadoras.

Os intervalos comerciais da TV ficam repletos de propagandas de veículos, principalmente no inicio, final e meio do ano. Muitas montadoras querem se desfazer de carros fabricados no ano anterior, modelos que serão substituídos em breve ou até que irão sair de linha (deixarão de ser produzidos para sempre).

Para vender estes estoques, costumam realizar promoções de financiamento com juro zero. O problema é que as coisas não funcionam exatamente dessa forma. Na maioria das vezes o que a televisão mostra é diferente do que é apresentado para o cliente dentro da concessionária.

Existem diversas taxas e impostos que serão cobrados mesmo quando não existe juros. Alguns órgãos de defesa do consumidor consideram a prática ilegal já que o juro zero só deveria ser divulgado se o Custo Efetivo Total da operação fosse igual a zero. Isto significa que o preço do carro à vista deveria ser o mesmo preço do carro parcelado se os juros fossem realmente zero. Isto não acontece.

Abuso na Tarifa de Cadastro ou Taxa de Abertura de Crédito (TAC)

A maioria dos financiamentos (sem ser de veículos) cobram taxas menores que R$ 50,00 para abertura de crédito. Quando o cliente já possui relacionamento com o banco (exemplo: possui uma conta corrente) a taxa de cadastro não deveria ser cobrada já que o cliente possui cadastro no banco. No Brasil existe a prática de cobrar até 30 vezes mais de taxa de cadastro ou abertura de crédito, só pelo fato de ser um financiamento de veículo. É comum a cobrança de taxas maiores que R$ 1000,00. São taxas absurdas que não se justificam e que são cobradas pelo simples fato do consumidor não questiona-las. Também é muito comum a concessionária incluir na operação de crédito a comissão do vendedor que é funcionário da própria concessionária.

Perigo dos Juros Embutidos

Ao comprar o carro financiado com juros zero, pergunte para a concessionária se existe algum desconto para comprar o mesmo carro à vista. Se existe desconto é sinal de que o preço do carro financiado com juro zero está com juros embutidos. Eles não cobram juros porque o preço do carro já inclui os juros.

Cuidado com o IOF

As concessionárias e montadoras costumam não alertar o cliente sobre o custo com IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que será cobrado do cliente mesmo sem a existência de juros. O Governo Federal quer receber o imposto dele, não importando se você vai ou não pagar juros na operação.

Li a entrevista do presidente da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Motadoras dizendo que não há a obrigatoriedade de a empresa anunciar que o IOF será cobrado em promoções de financiamento com juro zero. Para ele, a cobrança de impostos é uma medida de praxe em qualquer transação, não havendo necessidade de informá-la.

O problema é que os consumidores não compram e vendem carros financiados todos os dias. É comum que a população não saiba que o IOF será cobrado mesmo sem a existência de juros. A falta de informação favorece quem vende o veículo e prejudica o consumidor menos atento.

O fato é que durante a venda e na publicidade de qualquer coisa, quem vende não faz nenhum esforço para informar ao cliente nada que possa se tornar objeção durante a compra. Por isto, antes de comprar carro, investir ou comprar imóveis (veja meus livros sobre imóveis) você precisa tomar muito cuidado durante a venda. Lembre-se que vendedores não falam nada negativo sobre o que estão vendendo a menos que você pergunte. Se você não tem costume de comprar carro, imóveis e fazer financiamentos é natural que você não tenha nada para perguntar, pois desconhece os riscos e custos da operação. Procure adquirir livros, ler artigos e estudar sobre o assunto para se preparar. O investimento que você fará de tempo e dinheiro se preparando para uma boa compra é insignificante perto do dinheiro que você poderá ganhar ou deixar de perder durante a aquisição.

Fique de olho no Custo Efetivo Total

Não importa se a montador ou concessionária estão informando juros zero no comercial. Eles são obrigados a informar o taxa CET ou Custo Efetivo Total da operação. É esta taxa que você precisa prestar atenção já que ela inclui todos os custos que você terá na compra parcelada. Você vai perceber facilmente que não existe parcelamento ou endividamento sem custos.

Fique atento para as condições de financiamento

Muitas promoções de taxa zero possuem condições de pagamento que não ficam claras no comercial. As propagandas são feitas para que você tenha a ilusão de que pode comprar o carro financiado, sem entrada, sem juros e com parcelas que cabem no bolso. As condições reais aparecem rapidamente no comercial em letras minúsculas (impossíveis de serem lidas).

Quando você chega na concessionária, descobre que tudo não passou de uma armadilha. O objetivo deles foi atingido pois a ideia é fazer com que você entre na concessionária, local onde o consumidor fica mais vulnerável aos desejos e impulsos de compra.

Quando você senta na mesa com o vendedor para conversar, descobre que precisa pagar uma entrada entre 50% e 60% do preço do veículo para parcelar o restante com a suposta taxa zero. É por isto que as parcelas pareciam tão pequenas.

Letras pequenas deveriam ser proibidas

Vamos ver um exemplo do comercial da Citroën. Vale destacar que ela não é a única montadora que realiza este tipo de promoção. Ford, Chevrolet, Fiat, Honda, Renault, Volkswagen, entre outras, fazem ou já fizeram promoções deste tipo. Não tenho nada contra estas marcas, o problema é como elas se comunicam com o consumidor através dos seus comerciais e promoções.

Consegui encontrar no site da empresa as condições de pagamento que aparecem de forma rápida e minúscula no comercial da televisão. As condições reais dizem o seguinte:

Valor promocional a partir de R$ 43.990,00 para C3 1.5 ATTRACTION 8V FLEX 14/15 PINTURA SÓLIDA. Simulação Crédito Direto ao Consumidor pelo Banco Citroen, para o veículo acima: Entrada de R$ 26.394,00 (60%) à vista, Sendo 24 parcelas mensais fixas de R$ 783,23 vencimento da 1ª parcela para 30 dias. Taxa de juros de 0% a.m. e 0% a.a,Valor total do veículo a prazo de R$ 45.191,52. Custo Efetivo Total(CET) máximo para esta operação é de 0,53% a.m.e 6,61% a.a.,com IOF de 1,5% a.a para Pessoa Física mais frete. IOF, Cadastro e despesa para constituição da garantia estão inclusos nos cálculos das prestações e CET Sujeito à aprovação de crédito. Alguns itens são de série da versão Attraction. Estoque de C3 1.5 ATTRACTION: 30 unidades. * 3 anos de garantia nos termos dos respectivos manuais *. ** Consulte os preços das revisões ** Prazo da promoção, para pedidos firmes fechados, de 01/06/2014 a 30/06/2014 ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativa para outras promoções. Para mais informações, acesse www.citroen.com.br. Banco Citroen:

Traduzindo: O preço do carro à vista é R$ 43.990,00. Já financiado com a suposta taxa zero o carro custará R$ 45.191,52. O que era para ser zero na verdade custa 6,61% ao ano. Existe nesta taxa o IOF de 1,5% ao ano para pessoa física, custos com o frete do veículo, custos com cadastro, etc. Para ter direito a esta taxa o consumidor precisa pagar 60% de entrada que é R$ 26.394,00 e assumir a dívida de R$ 17.586,00 parcelada em 24 vezes (2 anos) de R$ 783,23. A versão mais barata do carro (Oritine) não é oferecida com taxa zero e ela custa à vista R$ 40.990,00. A promoção da taxa zero induz o cliente a adquirir a versão mais cara do veículo e que não possuem muitas diferenças importantes em relação a versão mais barata.

Taxa Zero com venda casada

Existem concessionárias que só oferecem juro zero se você adquirir outros serviços. É o caso da concessionária que cobra para ajudar o consumidor a licenciar o carro. O custo deste serviço burocrático atribuído a despachantes costuma ser mais caro do que se você contratasse um despachante diretamente ou se você mesmo assumisse este trabalho de licenciar o veículo. Observe que as concessionárias também lucram alto quando conseguem oferecer junto com o carro serviços como seguro do veículo, venda de acessórios, película para os vidros, etc. Os preços de tudo que você compra, além do carro, dentro da concessionária possuem comissões muito elevadas que aumentam o preço dos produtos e serviços adquiridos. Pesquise fora da concessionária antes de aceitar qualquer oferta. Não aceitem que condicionem as promoções com a venda casada de produtos e serviços que você não queria comprar.

Leituras que eu recomendo

Para continuar aprendendo eu recomendo que você leia o capítulo 6 e 7 do livro Como Escolher o seu Carro Ideal. Comprei este livro recentemente e ele vai me ajudar muito quando for trocar de carro. O capítulo 6 se chama “Tratar das Finanças e a Estrutura de Preços dos Carros no Brasil“. Este capítulo fala de custos de aquisição, custos durante o período de propriedade, custo de oportunidade, financiamento de veículos além de outras dicas envolvendo suas finanças e a compra do carro. O livro é feito para o leigo e por isto é fácil de ler e entender. O capítulo 7 se chama “Observar os Desejos: a vez do Lado Emocional e o cuidado com Status e o Marketing“. Este capítulo vai te fazer acordar sobre as armadilhas de marketing e publicidade que fazem milhões de pessoas tomarem decisões erradas no momento de comprar um veículo. São decisões que geram muitos prejuízos, a maioria das vezes sem que a pessoa perceba claramente que está perdendo dinheiro. Para conhecer o livro visite aqui.