Como ter mais tempo livre: 14 dicas

1) Tempo é um recurso democrático e igualmente distribuído. Todos nós temos 24h de tempo por dia, nem um minuto a mais e nem a menos. Não importa se você é o homem mais rico do mundo. Com todo dinheiro do mundo não é possível comprar mais tempo ou recuperar o tempo perdido, nem que seja por apenas 1 segundo.

2) Não existe nada mais valioso do que o seu tempo, já que você não pode comprar mais, não pode guardar e a única opção que existe é usar o tempo que você tem da forma que achar melhor.

3) O que realmente difere você das outras pessoas é o que você faz do seu tempo. O que você faz com ele depende das suas escolhas, das decisões que você toma, das suas prioridades.

4) O que você priorizou fazer nas suas últimas 24 horas? Com certeza suas prioridades são diferentes das minhas que são diferentes das prioridades alheias. E o sucesso pessoal, profissional e financeiro das pessoas depende das suas prioridades, depende daquilo que estão fazendo com o próprio tempo. O que você considera mais importante no seu dia? O que é prioritário para você?

5) Das horas que você fica acordado, quanto tempo você está gastando para manter sua vida sem mudanças? E quanto tempo gasta para mudar sua realidade buscando um futuro melhor que o presente? Quanto tempo você literalmente joga fora todos os dias?

6) Anote durante 7 dias a quantidade de tempo que você gasta em cada atividade. Anote todas as atividades como assistir televisão, dirigir, conversar com um amigo no Facebook, trabalhar, arrumar a casa, etc. Depois tente estimar quanto tempo você gasta por ano com coisas que não são importantes e com as coisas importantes. Talvez você leve um grande susto.

7) Uma forma de aumentar o nosso tempo livre é aumentando a nossa produtividade. Devemos fazer mais consumindo menos tempo. Devemos desperdiçar menos tempo e aproveitar ao máximo o pouco tempo que temos para fazer aquilo que realmente importa e que fará diferença na nossa vida. O resto não importa.

8) Não falta tempo para quem define prioridades e para de jogar tempo fora com o que não é importante. Elas sabem gerenciar o tempo que possuem, conseguem priorizar aquilo que realmente importa. Desta forma podemos usar nosso tempo para produzir mais no trabalho, nos estudos e na nossa vida pessoal sem que uma coisa comprometa a outra.

9) É possível produzir o dobro trabalhando menos? Sim, isto é possível e o segredo está em 3 palavras:

  • Foco
  • Eficiência
  • Estratégia

10) Você precisa definir quais são as prioridades da sua vida que merecem focar seu tempo e suas energias. Precisa descobrir que tipo de distrações está impedindo você de ter tempo e energia para aquilo que realmente importa. É fundamental aprender a eliminar estes desperdícios.

11) Dedicar o mesmo esforço e tempo e colher o dobro de resultados significa elevar nossa produtividade. No Brasil existe um problema sério de baixa produtividade na vida das pessoas que reflete negativamente na nossa economia. Mesmo com uma jornada de trabalho menor, um europeu é 4 vezes mais produtivo que o mesmo profissional brasileiro. É possível trabalhar menos quando se é produtivo.

12) Uma vida mais produtiva significa mais tempo livre que pode ser utilizado para acelerar prioridades como investir na nossa carreira profissional e assim elevar nossa renda. Investir em cursos de aperfeiçoamento ou até em concursos públicos. Com mais tempo, também podemos iniciar um negócio próprio em paralelo com nossa atividade profissional para elevar nossa renda.

13) Sua felicidade dependem do seu tempo livre. Uma vida mais produtiva também nos permite ter mais tempo para projetos pessoais que nos dão prazer como dedicar mais tempo para os filhos, para o nossa parceira ou parceiro, para nossos amigos ou até para realizar um hobby, praticar esportes, aprender a tocar um instrumento musical, aprender uma nova língua para poder viajar pelo mundo.

14) Não nos falta tempo para nada. O que nos falta é prioridades e mais produtividade. Assista uma vídeo aula gratuita com duração de 18 minutos.

Continue aprendendo...

Se você gostou desse artigo, tenho certeza que também vai gostar da série de ferramentas, planilhas e livros que preparei para ajudar você. São conhecimentos e ferramentas que desenvolvi para o meu uso e que agora estou compartilhando entre os meus leitores. Clique aqui para conhecer os livros.
Esse artigo foi útil?
Deixe-nos saber, se você gostou deste artigo. Só assim podemos continuar melhorando.
Sim
Não

Sobre o Autor:

Leandro Ávila criou o Clube dos Poupadores por acreditar que o conhecimento é uma riqueza que se multiplica quando dividida. Compartilhando o que sabemos, criamos um mundo melhor. Conheça os livros que ele escreveu sobre educação financeira, investimentos financeiros e imobiliários.
Letícia Solla
Visitante
Letícia Solla

Leandro,
Como sempre seus artigos são excelentes!
Admiro muito sua visão nos negócios e a clareza com que seus artigos /livros são escritos.
Tenho 25 anos e tenho pensado muito numa forma de gerar rendas alternativas. Infelizmente, ainda não tive uma ideia brilhante. Mas, espero consegui-la em breve!
Parabéns novamente!
Abraço,
Letícia.

Marla
Visitante
Marla

Bacana o texto, o uso do tempo é que determina a qualidade da experiência. Faltaram os itens 13, 14 e 15, foi do 12 para o 16.

Welliton
Visitante
Welliton

Oi Leandro tudo bem, tenho gostado muito dos seus artigos deste que comecei a ler, comecei também a fazer cursos que você tem indicado e que estão mudando a minha vida, não percebia como gastava tanto tempo com coisas que não traziam nenhum beneficio para minha vida, agora me policio mais para não perder o foco, abraços.

Roberto Carlos
Visitante
Roberto Carlos

Fico impressionado como as soluções mais simples por vezes levamos tempo longo para assimilar – em alguns casos a vida inteira!

carla
Visitante
carla

Leandro, ao acessar e obter informações sobre o seu trabalho, vi o quanto é possível através de mudanças de hábitos ter uma vida financeira equilibrada. E o quanto temos que direcionar o tempo. Obrigado! Ao trabalho.

Rosa Izelli
Visitante
Rosa Izelli

Bom dia Leandro
Por gentileza, gostaria, se possivel, da sua opiniao sobre um assunto relativo a imoveis.
Tenho um terreno, e um empresario quer construir um imovel comercial neste terreno.
Qual e a maneira correta de cobrar o aluguel?
Por exemplo: a proposta seria fazer um contrato agora com o valor relativo ao imovel ja construido (8.000,00), mas dando um desconto neste mesmo contrato de 7.000,00 por x anos. Apos x anos, o imovel passaria a ser meu (terreno e construcao). Ou e melhor agora so cobrar o valor do aluguel do terreno e constar no contrato que apos x anos, a construcao sera incorporada e ai o aluguel passara a ser o valor de mercado (da construcao)?
Obrigada por me responder.
Abracos,
Rosa Izelli

Sabrina Sousa
Visitante
Sabrina Sousa

Excelente artigo Leandro,

Tenho enriquecido não só financeiramente, mas intelectualmente através de seus artigos e livros. Parabéns pelo trabalho.

Jéssica Fini
Visitante
Jéssica Fini

Leandro, obrigada pelo seu trabalho. Você me orienta e reforça meu conhecimento o que me deixa mais próxima do meu objetivo que é minha independência financeira. Tenho lido muito. Leio livros do mesmo contexto de Pai Rico, Pai Pobre, é o tipo de leitura que me agrada. Você tem alguma sugestão de leitura no meu perfil? Agradeço.

TADEU LIMA
Visitante
TADEU LIMA

Leandro, descobri seu site há pouco tempo, por não conseguir ainda administrar melhor
o meu tempo, não tenho conseguido ler tudo que você envia, mas estou extremamente
admirado pelo seu esforço em melhorar o discernimento, conhecimento, informação e
vida das pessoas. Parabém, e muito obrigado

winicius alves
Visitante
winicius alves

Um exemplo de tempo bem aproveitado foi o tempo que gastei lendo este artigo e assistindo o vídeo nele anexado.Grandes dicas ,simples e que passam despercebidas na maioria das vezes! Parabéns!!

Roseli
Visitante
Roseli

Mais um excelente artigo Leandro! Parabéns!

Ricardo
Visitante
Ricardo

Excelente artigo. Uma “mini-aula” sobre gestão do tempo. Muitas pessoas utilizam a falta de tempo para justificar o que porque não conseguem executar suas atividades dentro da empresa onde trabalham ou mesmo porque não conseguem se dedicar mais a família. A dica mais importante – que tomei como exemplo para mim – é que não há falta de tempo para nada. O que não há é prioridade sobre o que é realmente importante.

Artigo sensacional! Parabéns Leandro.

Abraços.

Atilio Bertozzi
Visitante
Atilio Bertozzi

Fantástico Leandro,

Já acompanho suas publicações há algum tempo e são sempre muito úteis.
Gosto muito da sua linguagem, leve, simples e compreensível.

Obrigado por compartilhar conosco.

Etelvino Inácio dos Santos
Visitante
Etelvino Inácio dos Santos

Oi…Leandro

Esse fantástico artigo me faz retornar a lembrança da minha adolescência, inicio de responsabilidade naquela época no trabalho e continuação dos estudos com muito sacrifício
E quando você se refere ao ganho de tempo dos europeus eu tive essa oportunidade,em estar iniciando,vendo,aprendendo esse ganho de tempo,só que no decorrer da vida,o sistema nosso brasileiro dificulta,o reconhecimento desse ganho de tempo.
Obrigado
Etelvino

Márcio
Visitante
Márcio

Nem todos enxergam que vendemos o bem mais precioso que temos para o ideal de outra pessoa e não nos motivamos para mudar isso, simplesmente seguimos nosso dia-a-dia. Pagamos caro em tantas coisas, e vendemos todos os dias algo de valor inestimável a preço de banana. Excelente artigo!

Compartilhe com um amigo