Ferramenta online que permite corrigir seu dinheiro pela inflação utilizando índices como o IPCA, IGPM, IGP-DI, INPC, IPCA-E, IPC-Brasil e IPC-SP. Saiba quanto vale aquele dinheiro que você tinha ou gastou no passado se ele tivesse hoje o mesmo poder de compra que teve. Você só precisa fornecer a data inicial e a data final utilizando o formulário abaixo. O resultado tem como base os dados do Banco Central através da Calculadora do Cidadão.

Utilidades para este corretor de valores:

Exemplo 1: Em 1995 você ganhava um salário de R$ 1000,00 e gostaria de saber quando deveria ganhar hoje para ter o mesmo poder de compra do passado. Se a data inicial fosse 01/1995 e a data final fosse 01/2014 estes R$ 1000,00 (utilizando o IPCA) valeria R$ 3.774,31. Você pode concluir que R$ 1000,00 em 1995 podia comprar o mesmo que R$ 3.774,31 em 2014

Exemplo 2: Você comprou um apartamento em 2001 pagando R$ 55.000,00. Hoje pretende vender este imóvel e gostaria de saber quanto valeria estes R$ 55.000,00 nos dias de hoje. Vamos imaginar que você optou por corrigir pelo IGPM entre 01/2001 e 01/2014. O valor encontrado seria de R$ 151.918,49. Desta forma, se hoje o apartamento custa R$ 151 mil significa que ele não se valorizou, apenas acompanhou a inflação. Já e o Imóvel vale R$ 251 mil significa que ocorreu uma valorização considerável.

Exemplo 3: Você colocou R$ 10.000,00 na poupança entre 01/2013 e 01/2014 e tem dúvidas se a rentabilidade conseguiu superar os efeitos da inflação. Pelo simulador você descobrirá que R$ 10.000,00 corrigido pela inflação medida pelo IPCA se tornaria R$ 10.649,33. Logo você percebe que perdeu dinheiro já que a rentabilidade da Poupança entre 01/01/2013 e 01/01/2014 fez seus R$ 10 mil se transformarem em R$ 10.581,50.

Conheça cada índice:

IPCA e INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor que é calculado mensalmente pelo IBGE. Eles utilizam dados coletados em comércios, prestadoras de serviços, concessionária de serviços públicos e domicílios (para levantamento de aluguel e condomínio). O período de coleta do INPC e do IPCA estende-se, em geral, do dia 01 a 30 do mês de referência. A população-objetivo do INPC abrange as famílias com rendimentos mensais compreendidos entre 1 (hum) e 5 (cinco) salários-mínimos, cuja pessoa de referência é assalariado em sua ocupação principal e residente nas áreas urbanas das regiões; a do IPCA abrange as famílias com rendimentos mensais compreendidos entre 1 (hum) e 40 (quarenta) salários-mínimos, qualquer que seja a fonte de rendimentos, e residentes nas áreas urbanas das regiões. (fonte)

IGP-M – É calculado todos os meses pela FGV sendo divulgado no final do mês de referência. Índice muito utilizado para correção de contrato de aluguel de imóveis. Alguns títulos públicos já foram vendidos com correção pelo IGP-M + juros. Alguns planos de previdência privada antigos também são reajustados pelo IGP-M. (fonte)

Para aprender mais sobre o mundo do dinheiro baixe agora mesmo a minha série de livros, visite aqui.