O homem que disse a frase “Eu não investiria no mercado imobiliário brasileiro” em 2013 acaba de receber o Prêmio Nobel de Economia para alegria dos que torcem pela existência de uma bolha imobiliária no Brasil. E realmente não é um acontecimento agradável para as pessoas que ainda estão tentando vender algum imóvel adquirido por preços elevados nos últimos anos. O fato é que muitos investidores deste mercado já realizaram seus lucros até 2011 e agora esperam uma queda nos preços para voltar a investir. Junto a esta torcida temos todos aqueles que precisam comprar um imóvel agora e estão achando os preços muito elevados.

O economista ganhador do Nobel, Robert Shiller, afirmou recentemente que o Brasil pode estar vivendo um bolha imobiliária parecida com a que aconteceu nos EUA que acabou gerando uma crise econômica de 2008.

Existem aqueles que acreditam que uma bolha imobiliária semelhante a ocorrida na Espanha possa estar se configurando no país. E realmente podemos ver muitas coincidências entre a Espanha e o Brasil. Você vai perceber assistindo o vídeo abaixo que está legendado para o português:

Para o economista que ficou conhecido por prever a bolha imobiliária dos EUA, os imóveis mais que dobraram de preço no Rio de Janeiro e São Paulo nos últimos cinco anos sem nada que fundamente este aumento de forma sustentável. E ele questiona o que poderia ter ocorrido de “tão dramático” para os preços subirem assim. Ele não deve saber que o cenário econômico e ações do governo contribuíram para o aumento dos preços. O problema é que este cenário positivo está se invertendo. A inflação e os juros estão subindo, a oferta de imóveis prontos e desocupados cresce, a confiança na economia brasileira não é mais a mesma e o nosso PIB rasteja já faz alguns anos.

Leia também

Por ser um grande estudioso do efeito manada que geram bolhas na economia ele comenta sobre os imóveis no Japão que tiveram o mesmo movimento na década de 1980 e depois, no início dos 1990, começaram a cair sem parar até perderem dois terços do valor.

Segundo o economista Robert Shiller as pessoas precisam evitar ativos caros, seja nas ações ou no mercado imobiliário. Segundo ele os mercados são empurrados a comprar bolhas apesar de elas acontecerem com tanta regularidade e causarem tantos prejuízos. Sempre há novas bolhas se formando nas economias. Robert foi responsável pela criação do índice S&P/Case-Shiller em 1980 que foi o primeiro indicador de preços dos imóveis dos EUA. Desde 2005 o economista alertava sobre a bolha no mercado de imóveis que acabou estourando em 2008.

Para quem é um investidor imobiliário de verdade não importa se o mercado está em alta ou em baixa. Em todos os cenários existem ótimas oportunidades para ganhar dinheiro comprando ou vendendo imóveis. Você só precisa estar posicionado do lado certo quando as tendências se inverterem e se confirmarem. Uma possível queda nos preços dos imóveis nos próximos anos pode significar grandes oportunidades para os que possuem dinheiro no bolso para investir. Preços estagnados e degradados pelos efeitos da inflação também podem gerar boas oportunidades para quem está neste momento aproveitando a elevação da taxa de juros fazendo investimentos financeiros. O melhor momento para se comprar imóveis é quando ninguém está querendo comprar e todos querem vender os que possuem. É na compra que você faz um grande negócio e não somente na venda. Para saber mais sobre como ganhar dinheiro investindo em imóveis recomendo o Livro Como Investir em Imóveis.