Este ano será marcado por reformas. Existem discussões sobre reformas na previdência, no trabalho, na economia e em outras áreas que irão afetar a sua vida financeira nos próximos anos. Muitos estão envolvidos nessas discussões, mas ninguém está interessado em um tipo de reforma que só irá beneficiar você e que só pode ser implementada por você.

Reforma na sua previdência

Todos discutem a reforma da previdência e isso não ocorre somente no Brasil. O objetivo de quem tem o poder para decidir sobre as regras do jogo sempre foi o de fazer o governo pagar aposentadorias cada vez menores pelo menor tempo possível. Em países como EUA, Espanha, Alemanha, Reino Unido e muitos outros, novas regras já foram aprovadas para limitar o pagamento das aposentadorias para aqueles que possuem, no mínimo, 67 anos. Em alguns países, como Israel, a idade mínima para aposentadoria será de 70 anos em 2020. Acredito que será uma questão de tempo para que muitos países adotem idade mínima de 80 anos ou mais para os futuros aposentados.

Gradualmente os governos do mundo inteiro estão modificando as regras do jogo dos seus sistemas de aposentadoria: dificultando a aposentadoria, aumentando a idade de concessão, aumentando a contribuição e reduzindo benefícios. Esses sistemas de aposentadoria controlados pelos governos sempre retiraram (pela força) bilhões da sociedade usando a desculpa de que os governos (e seus políticos) devem cuidar do dinheiro das pessoas, já que elas não seriam capazes de cuidar do próprio dinheiro.

Enquanto os políticos discutem como vão arrecadar cada vez mais e devolver cada vez menos do que arrecadam para a sociedade, você deve começar a pensar e agir para realizar uma reforma na sua previdência.

Não espere que os governos ensinem você a investir o seu próprio dinheiro para garantir um futuro melhor. Eles querem que você continue acreditando que um futuro melhor depende do que eles fazem com o seu dinheiro.

Só você pode implementar no seu próprio projeto pessoal de aposentadoria para garantir uma vida tranquila e próspera no futuro. Nenhum governo fará isso por você, pois para eles você deveria trabalhar intensamente até o último dia da sua vida enquanto paga impostos cada vez maiores sobre a sua renda e patrimônio.

A reforma da previdência que importa (por ser a única que funciona) é aquela que fará de você um aposentado ou uma aposentada financeiramente independente do governo.

Assuma a responsabilidade pelas reformas que você pode começar a fazer agora para não depender de todas as reformas da previdência que ainda teremos nas próximas décadas, até o dia em que o sistema se transformará em um programa assistência para idosos desamparados. É isso que já vem acontecendo em muitos países.

Foque seus esforços e o seu tempo no seu próprio projeto de poupança e investimentos. É isso que tornará você um aposentado(a) financeiramente independente do governo, dos seus filhos e da caridade das pessoas pelos mais velhos.

Reforma no seu trabalho

Antes das reformas na previdência afetarem o seu futuro financeiro nos próximos anos ou décadas, existem outras reformas ocorrendo no mundo todo. Todos estão discutindo reformas trabalhistas, mas só você pode começar a planejar a reforma no seu trabalho, agindo para garantir a sua empregabilidade no futuro ou a sua capacidade de trabalhar e gerar renda por conta própria (empreendendo).

A reforma trabalhista que funciona é aquela que manterá o seu tempo trabalhado valioso, mesmo diante de toda a revolução tecnológica que vai extinguir ou transformar inúmeras atividades profissionais nas próximas décadas.

Mesmo aqueles profissionais que possuem estabilidade no emprego (funcionários públicos), devem refletir sobre o risco dessa estabilidade ser alvo de reformas no futuro.

A sua reforma na sua atividade profissional é uma reforma que só depende de você. Ninguém vai obrigar você a dedicar mais tempo e atenção para melhorar o seu desempenho no trabalho. Quantos livros ou quantos cursos você fez nos últimos 12 meses que fizeram você valorizar a sua hora trabalhada? Quais foram as novas habilidades que você adquiriu nos últimos anos que fizeram você realizar mais, gastando menos tempo e fazendo menos esforço (trabalho inteligente)?

Reforma econômica pessoal

Todos estão discutindo reformas que possam melhorar o desempenho da economia, dos gastos públicos e dos investimentos, mas só você poderá fazer as reformas nas questões econômicas que envolvem a sua vida financeira.

Assim como existem gastos públicos que desperdiçam recursos e fazem sobrar pouco dinheiro para os investimentos em educação, saúde e enriquecimento do país, existem gastos pessoais que, se não forem administrados com atenção, resultarão em desperdícios e falta de recursos para investir na sua educação pessoal, na sua saúde e nos investimentos que trarão prosperidade para a sua vida.

O micro cria o macro

Gaste menos tempo se preocupando com as reformas que são realizadas no macro (no país) e dedique mais tempo e mais atenção nas reformas que você pode fazer no micro, ou seja, na sua vida. Cuidando da sua vida, você dará a contribuição para o desenvolvimento do país, através de algo que você é totalmente responsável.

Todos nós temos reformas para fazer em nossas vidas.

Este ano é o ano das reformas que só você pode implementar na sua realidade pessoal. Esse tipo de reforma não será destaque nos jornais, não será alvo de debate e não será estimulada por ninguém. A iniciativa deve ser sua. É importante se envolver nas reformas do país, mas você deve priorizar o seu tempo e a sua disposição na implementação dos tipos de reforma que só dependem do seu esforço, para mudar a sua vida, pois ninguém mais vai assumir essa responsabilidade.

Compartilhe esse artigo com amigos a parentes que estão dedicando muito tempo e atenção com preocupações envolvendo reformas que não dependem deles para acontecer.

Livro recomendado: Independência Financeira (clique para conhecer). Conheça todos os nossos livros sobre investimentos visitando aqui.

Receba novos artigos por e-mail: