Lista atualizada com todas as ações que fazem parte da carteira teórica do Índice Bovespa (IBOV). Leia as orientações no final da página para entender o índice.

Índice Bovespa, também conhecido como Ibovespa ou IBOV é o indicador mais utilizado para medir o desempenho médio dos preços das ações negociadas na bolsa de valores brasileira (B3). Esse índice é composto pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O valor do índice pode ser entendido como se fosse uma quantia em dinheiro que foi investido em uma carteira de ações (um conjunto de diversas ações) que fazem parte do índice. Seria como se essa quantia tivesse sido investida quando o índice foi criado em janeiro de 1968 e estivesse se valorizando até os dias de hoje. Quando o índice foi criado seu valor-base era 100, recebendo apenas os acrescimentos de proventos gerados pelas ações que compõem o índice.

O índice é composto de pouco mais de 60 ações de diversas empresas. Em conjunto, essas ações representam 80% do volume negociado nos doze meses anteriores à formação da carteira. Como critério adicional, exige-se que a ação apresente, no mínimo, 80% de presença nos pregões do período. As ações que fazem parte da carteira que compõe o Índice Bovespa são reavaliada a cada quatro meses. Essa reavaliação é feita com base nos últimos 12 meses onde são verificadas alterações na participação de cada ação.

O índice é calculado em tempo real, considerando instantaneamente os preços de todos os negócios efetuados no mercado à vista com ações componentes de sua carteira.

Veja a lista de todas as ações agrupadas por setor

Veja um gráfico com o histórico do número de empresas listadas na bolsa.

Veja um gráfico com o valor das empresas listadas na bolsa.

Veja o código das corretoras.