dia-dos-namorados-sem-presente

Procurando dicas de presente para o dia dos namorados? Não está querendo gastar muito dinheiro? Se você é aquela pessoa que perde o controle e compra presentes mais caros do que sua condição financeira permite, leia este artigo. Saiba que no Brasil, existem mais datas comemorativas que nos induzem a comprar presentes, do que meses no ano.

Estas datas são distribuídas de tal forma que praticamente todos os meses existem motivos para aumentar suas despesas com presentes e comemorações.

Datas mais importantes do comércio:

  1. Carnaval
  2. Dia da Mulher
  3. Dia da Secretária
  4. Dia da Vovó
  5. Dia das Crianças
  6. Dia das Mães
  7. Dia do Amigo
  8. Dia dos Namorados
  9. Dia dos Pais
  10. Dia dos Professores
  11. Natal
  12. Páscoa
  13. Réveillon

Além destas datas fixas existem datas que dependem da história de cada pessoa:

  1. Dia do aniversário de nascimento
  2. Dia do aniversário de namoro
  3. Dia do aniversário de casamento
  4. Presente de casamento

Nada contra todas estas datas e seus significados. O problema é relacionar a data ao ato de comprar presentes. Outro problema é que nem todo mundo tem condições financeiras de comemorar da forma que os comerciais da  TV nos estimulam a fazer. Por falta de consciência, as pessoas sofrem quando não podem comprar o presente que a mãe, pai, esposa, marido, filhos, ou alguém amado sonham em receber.

Existem pessoas que compram presentes sem poder e passam o ano todo devendo no cartão de crédito. Antes de terminar de pagar as parcelas e juros de um presente já se sentem obrigados a comprar outro. Não é correto se sacrificar, acumulando dívidas e pagando juros para presentear as pessoas quando você não tem condições de fazer isto.

Se você tem uma família muito grande ou possui um grande número de amigos, os custos com a compra de presentes pode ultrapassar suas possibilidades e comprometer parte da sua renda. Este, talvez, seja o dinheiro que faltará no longo prazo para realizar projetos importantes na sua vida.

Eu conheço pessoas que todos os meses são obrigadas a comprar 3 ou 4 presentes caros para amigos e parentes que fazem aniversário. O impacto destes custos durante 1 ano ou durante 10 ou 20 anos é significativo.

Dar presentes caros também é uma forma de ostentação e de satisfação da própria vaidade.

As pessoas normalmente não percebem o quanto estas datas podem interferir no orçamento da família. O ideal seria anotar todas as datas comemorativas e de aniversário. Inclua estas despesas no seu planejamento financeiro anual (baixe uma planilha de orçamento). Evite ser pego de surpresa pela necessidade de comprar um presente urgente. As compras dos presentes devem ser feitas de forma planejada, muitas vezes isto deve ser feito longe da data comemorativa.

Agora no dia 12 de junho vamos comemorar o dia dos namorados, milhões de casais de todo Brasil vão encher as lojas buscando presentes de todos os tipos e preços. Só as lojas que vendem pela internet planejam faturar mais de R$ 1,35 bilhões.

O amor é proporcional ao presente?

Existem pessoas que relacionam o preço do presente com o tamanho do amor de quem presenteia.

Existe uma ideia de que amor precisa ser demonstrado e provado. Aprendemos, através da televisão e do cinema, que estas demonstrações de amor devem ser públicas e que presentes são prova de amor.

Este aprendizado para o consumo em datas comemorativas acontece ainda na infância. A criança rapidamente relacionada o presente que ganha com o amor de quem dá o presente. Existem muitos adultos que esperam presentes da mesma forma que crianças esperam receber presentes no dia das crianças.

As demonstrações de amor têm origem primitiva. Se vivêssemos há milhares de anos atrás, uma boa prova de amor talvez fosse caçar um animal de grande porte para presentear a pessoa amada com sua carne e pele. Isto seria prova de coragem, força, astucia para a parceira que enxergaria um parceiro ideal para proteção e manutenção alimentar de uma futura família.

Ainda somos seres ligados a nossa natureza primitiva, só que não precisamos mais caçar animais perigosos. Você pode passar meses, ou anos trabalhando para poder entrar em uma joalheria e trocar todo seu esforço de trabalho por algumas gramas de metal com pedras preciosas.

As jóias são bons exemplos de prova e demonstração pública de amor nos dias de hoje. São presentes que já fazem parte da tradição de povos muito antigos. Não existe nada de mau nisso, já que faz parte da nossa cultura, e de certa forma, faz parte dos nossos instintos mais primitivos de relacionamento e sobrevivência.

Relacionar o preço do presente com o tamanho do amor, muitas vezes, provoca situações desconfortáveis e constrangedoras para o casal. Quem compra presentes muito caros para impressionar pode desagradar a outra pessoa. Ela pode perceber que o valor do presente está sendo usado como forma da “comprar” o amor, que nem sempre é tão grande quanto a outra pessoa gostaria que fosse.

Também existe aquele namorado ou namorada que espera muito do presente. Nem sempre o presente corresponde às expectativas, já que a situação financeira das pessoas são limitadas e existem outras prioridades.  O problema é tão sério que muitas vezes o namoro fica abalado ou até acaba no dia dos namorados por culpa desta obrigação de trocar presentes valiosos.

Cada vez mais pessoas acreditam que presentes simples e momentos agradáveis e felizes devem ser a melhor escolha para o dia dos namorados. Em um relacionamento sólido e sadio, os presentes não tem tanta importância.

Cuidado com as mensagens subliminares dos comerciais, novelas e filmes. Não é necessário provar amor comprando coisas. Provas de amor não se compram em lojas do shopping. Se você pensa assim, precisa abrir sua cabeça para novas formas de pensar.

Música do Dia dos Namorados do Casal Poupador:

Música: Da-te-ei

Não te darei flores não te darei elas murcham, elas morrem
Não te darei presentes não te darei pois envelhecem e se desbotam
Não te darei bombons não te darei eles acabam, eles derretem
Não te darei festas não te darei elas terminam, elas choram, elas se vão

Dar-te-ei finalmente os beijos meus
Deixarei que esses lábios sejam meus, sejam teus.
Esses embalam…esses secam…mas esses ficam.

Não te darei bichinhos não te darei,pois eles querem, eles comem
Não te darei papeis não te darei, esses rasgam, esses borram
Não te darei discos não,eles repetem,eles arranham
Não te darei casacos não te darei, nem essas coisas que te resgardam e que se vão

Dar-te-ei a mim mesmo agora
E serei mais que alguém que vai correndo pro fim
Esse morre…envelhece…acaba e chora…ama e quer…desespera esse vai… mas esse volta

Presentes que ficam

Tempo é mais valioso que dinheiro. Mostre para seu namorado ou para sua namorada que você gastou seu tempo pensando, planejando e executando uma surpresa para o dia dos namorados. Comprar produtos pela internet, ir até uma loja qualquer para comprar um presente pronto sempre vai parecer frio, mecânico, rápido e pouco pessoal, pouco marcante.

Você pode presentear com coisas que ficam, mostrando que você dedicou seu tempo. Presenteie com bons momentos:

  1. Saia da rotina. Faça alguma coisa pela primeira vez, visite um lugar pela primeira vez;
  2. Compre um livro. Livros mudam vidas;
  3. Prepare um jantar ou um doce, vá para cozinha e prepare um prato diferente;
  4. Prepare um café da manhã pessoalmente. Visite uma padaria ou supermercado e compre pessoalmente coisas que o outro(a) goste.
  5. Programe uma viagem a dois. Momentos ficam na memória, coisas envelhecem e jogamos fora;
  6. Revele fotos de momentos especiais e presenteie. Fotos reveladas são baratas e representam momentos que não tem preço;
  7. Já tentou escrever um poema? Já tentou compor uma música? Tente. Será único.
  8. Já tentou fazer uma declaração de amor sem copiar da internet?
  9. Compre um vaso, plante flores (sementes são vendidas em saquinhos) e entregue as flores plantadas e não as flores mortas já prontas de uma floricultura. Mostre que um relacionamento precisa ser cuidado, regado e cultivado, como o vaso com as sementes plantadas que você presentou. É necessário plantar para poder colher.

Se você tem outras ideias para comemorar o dia dos namorados gastando pouco compartilhe!