Avaliação: Tesouro Direto Descomplicado do Rafael Seabra

Resolvi escrever sobre o que encontrei dentro do curso Tesouro Direto Descomplicado do Rafael Seabra. Recebi vários e-mails de leitores aqui do Clube dos Poupadores com diversas dúvidas. Eu tive acesso ao curso desde a primeira turma. Sempre retorno para a área restrita do curso para ler as mensagens do fórum. Este tipo de curso tem data para começar, mas não tem data para terminar.

Cursos x Livros

Uma pergunta que as pessoas sempre me fazem: Eu posso aprender o que existe nestes cursos online através de livros? Sim, através dos livros você pode aprender tudo. Livros ensinam a investir, a construir prédios e até a fazer neurocirurgias. Livros são baratos, custam algumas dezenas de reais. Dentro dos livros você pode encontrar todo conhecimento do mundo.

O problema é que nem todo mundo está preparado para tirar proveito dos livros. Os cursos online ou presenciais continuam sendo muito procurados. Os motivos são os seguintes:

  • Não adianta só comprar o livro. Esta é a parte mais fácil e barata. A parte mais difícil é ter disciplina para ler o livro da primeira até a última página. Também é necessário ter disciplina para estudar o livro, ou seja, ler novamente, marcar os pontos importantes, pesquisar para tirar dúvidas, etc. Já a parte mais cara é dedicar tempo para tudo isto. Você terá que deixar de fazer um monte de coisas que considera interessante, terá que parar sua vida por algumas horas para ler o livro, por motivação própria, sem ninguém te cobrando a leitura. Infelizmente, a maioria das pessoas só compram os livros e deixam eles guardados. Infelizmente não é possível transferir conhecimento de livros para dentro da nossa mente através da osmose (Não lembra das aulas de biologia? nem eu!) É necessário gastar muita energia para aprender através dos livros.
  • São poucas as pessoas que gostam da solidão da leitura. Ler é um ato solitário, quase como uma meditação ou oração. Você precisa se desconectar do mundo, precisa parar de dar atenção seus amigos distantes (pelo Facebook e Whatsapp) e precisa se desligar de todos que estão perto de você. Nos dias de hoje é cada vez mais difícil fazer isto. No final do dia, quando não existe ninguém para atrapalhar sua leitura, chega o sono.
  • Quando você compra um livro de R$ 50,00 e não lê o sentimento de culpa ou de perda é menor do que quando compra um curso de R$ 500,00 e não dedica tempo para aprender. Você certamente vai se incomodar caso invista um valor maior e isto vai te motivar de alguma forma a dedicar tempo para aprender.
  • Um livro de R$ 50,00 abandonado é dinheiro jogado fora, é prejuízo garantido. Um curso de R$ 500,00 onde você aprendeu alguma coisa nova e isto te ajudou a tomar boas decisões, não foi custo… foi investimento.  Conhecimento novo produz benefícios para o resto da vida. Conhecimento é uma coisa que sempre se expande e se multiplica. Uma coisa que você aprende hoje será a base para aprender novas coisas amanhã. Até hoje o tempo que você gastou na infância aprendendo a ler está sendo útil, do contrário não estaria lendo estas palavras. Por isto, todo investimento em conhecimento é válido.
  • Quando você lê um livro e se depara com uma dúvida não existem meios para tirar dúvida com o autor do livro. Na verdade, não é obrigação do autor atender pessoalmente cada leitor que compra seu livro. Quando você faz um curso pode fazer perguntas para o educador e pode trocar informações com outros estudantes do mesmo curso.
  • Nos cursos você tem contato com pessoas que possuem os mesmos interesses. Você se sente mais motivado a estudar quando percebe que as outras pessoas estão aprendendo e estão interessadas. É uma coisa contagiosa. Enquanto na leitura de um livro, as pessoas próximas estão querendo te tirar a atenção e te desmotivar a ler, nos cursos você encontrará pessoas motivadas que querem aprender o que você está aprendendo.
  • Os cursos pela internet costumam oferecer o conteúdo em vídeo e áudio. Isto já elimina o esforço da leitura. Muitos não gostam de ler ou não possuem tempo para isto. Utilizando um smartphone ou tablet é possível acessar o conteúdo de forma mais confortável e em qualquer lugar que tenha uma boa conexão de internet.
  • Alguns cursos possuem fóruns onde os alunos mais antigos e os mais novos trocam informações sobre o curso e sobre fatos atualizados que possuem relação com o curso. No caso de um curso sobre Tesouro Direto, sempre existem notícias, decisões e novas informações que interferem nas taxas de juros e isto pode ser debatido nos fóruns entre os alunos. Existe uma troca de experiências que um livro não é capaz de proporcionar.

O que existe dentro do curso?

O curso é composto por 10 módulos e um módulo secreto. Não importa se você não tem experiência com investimentos em títulos públicos ou em qualquer outra modalidade de investimento. O curso realmente começa do zero e pode ser entendido por qualquer pessoa. Quando você clica em um dos módulos tem acesso a uma aula completa composta de texto e de vídeo. O conteúdo do vídeo costuma ser semelhante ao conteúdo texto, mas eu considero importante ler e assistir o vídeo, pois um acaba confirmando o que você aprendeu no outro. Nem sempre as pessoas conseguem entender ou interpretar aquilo que estão lendo, principalmente quando estão diante de um conteúdo novo.

 

Como funciona o fórum:

A parte mais interessante desses cursos online são os fóruns internos. O acesso é restrito para alunos. Com isto você participa de uma comunidade fechada de pessoas interessadas em aprender e a conversar sobre títulos públicos e outros investimentos.

Isto é muito bom, pois quando estamos aprendendo uma coisa nova temos a necessidade natural de conversar com outras pessoas sobre o que acabamos de aprender. Pode ser que seus amigos e seus parentes não tenham interesse em ouvir sobre poupar e investir dinheiro.

As pessoas gostam de ouvir histórias de desperdício de dinheiro, ostentação e extravagâncias cometidas em restaurantes, shoppings, viagens, etc. Comece a falar sobre títulos públicos entre seus amigos e rapidamente você se transformará na pessoa mais chata da mesa. Por isto, deixe para trocar ideias com pessoas que também estão interessadas no assunto. Veja uma foto da página inicial do fórum.

Quando este artigo estava sendo escrito existiam 5 fóruns abertos: Geral, Títulos Públicos, Corretoras e Custos Operacionais, Estratégias de Investimento e Bônus. Dentro destes fóruns existiam 165 tópicos (discussões) e dentro destes tópicos existiam 1.088 mensagens deixadas por alunos.

Com o passar do tempo o fórum vai se transformando em um grande banco de conhecimento. Você encontrará resposta para dúvidas que você já tem e até para dúvidas que você ainda não tem. Também existe muita troca de conhecimento entre alunos avançados e iniciantes.

Material Bônus

Existe uma área de material bônus onde o Rafael está disponibilizando conteúdo complementar. Um desses bônus o Rafael Seabra liberou para alunos e não alunos. Para assistir visite aqui. O Rafael gravou uma aula de 44 minutos sobre Tesouro Direto com Seiiti Arata (autor de um ótimo curso de Produtividade). É uma aula muito útil para quem está iniciando.

Segue aqui a lista do material bônus oferecido atualmente para os alunos do curso:

  • Bônus #1: Como Declarar Títulos Públicos no Imposto de Renda;
  • Bônus #2: Planilha para Gerenciar a Rentabilidade da sua Carteira de Investimentos;
  • Bônus #3: Glossário Financeiro;
  • Bônus #4: Como Sair das Dívidas de Uma Vez por Todas;
  • Bônus #5: Sete Passos Para Você Fazer Seu Planejamento Financeiro Pessoal;
  • Bônus #6: Dez Lições Para Você Ensinar a Seus Filhos Sobre Dinheiro;
  • Bônus #7: Seis Problemas da Previdência Privada;
  • Bônus #8: Dez Hábitos para Obter Sucesso e Estabilidade Financeira;
  • Bônus #9: Sete Fatores Para Você Acumular Riqueza;
  • Bônus #10: Como Investir no Tesouro Direto (esse o Rafael liberou para todos);
  • Bônus #11: Evite Estes Investimentos a Qualquer Custo;
  • Bônus #12: Maiores Mitos Sobre o Tesouro Direto;
  • Bônus #13: Como Escolher Sua Corretora;
  • Bônus #14: Gravação da Aula ao Vivo Sobre o Tesouro Direto;
  • Bônus #15: Como Criar um Blog de Sucesso.

Conteúdo de cada módulo:

Módulo 1: Introdução ao Tesouro Direto
O que é o Tesouro Direto;
O que são títulos públicos;
Quais as principais vantagens desta excelente aplicação financeira.

Módulo 2: Conheça os Títulos Públicos
Como é possível adequar os títulos públicos aos seus objetivos financeiros;
Quais os tipos de títulos públicos existentes;
Quais as principais características de cada título público atualmente disponível para compra.

Módulo 3: Custos e Corretoras Para Investir no Tesouro Direto
Quais os custos (taxas e impostos) para investir no Tesouro Direto;
Como escolher uma corretora para investir em títulos públicos;
Por que escolher uma corretora independente e não o seu próprio banco.

Módulo 4: Cadastro, Compra e Venda de Títulos Públicos
Como efetuar o cadastro na corretora escolhida para investir em títulos públicos;
Como você pode comprar ou vender títulos públicos;
A partir de que valor você pode investir no Tesouro Direto.

Módulo 5: Entenda o Preço dos Títulos Públicos
Como é calculado o preço dos títulos públicos;
O que altera o preço dos títulos públicos;
Como aproveitar a volatilidade dos preços para aumentar sua rentabilidade.

Módulo 6: Tudo Sobre o Site do Tesouro Direto
Como garimpar informações valiosas no site do Tesouro;
Como simular a rentabilidade dos títulos públicos;
A partir de que valor você pode investir no Tesouro Direto.

Módulo 7: Passo-a-Passo Para Investir no Tesouro Direto
Como comprar e vender seus títulos públicos;
Como efetuar compras e vendas programadas;
Como consultar a rentabilidade dos seus investimentos.

Módulo 8: Otimize Sua Rentabilidade Com a Alocação de Ativos
O que é a estratégia de Alocação de Ativos;
Como montar a carteira ideal para seus objetivos;
Como balancear sua carteira e otimizar sua rentabilidade.

Módulo 9: Renda Mensal Com Títulos Públicos
Quais os títulos que você deve investir na fase de acumulação (antes da aposentadoria);
Quais os títulos que você deve investir na fase de retirada (depois da aposentadoria);
Como ter renda mensal através de títulos que pagam cupons semestralmente.

Módulo 10: CDB, LCI, LCA ou Títulos Públicos?
O que são CDB, LCI e LCA;
Como calcular a rentabilidade líquida destas aplicações financeiras;
Como comparar a rentabilidade destes investimentos com títulos públicos.

Conclusão:

Não poderia existir momento melhor para aprender a investir em títulos públicos como agora. As taxas estão muito elevadas. A última vez que a taxa Selic chegou nos 13,75% ao ano foi no fundo da crise mundial de 2008. Se os juros chegarem em 14,25% teremos a maior taxa desde 2006.

Por isto, existem janelas de oportunidade que se abrem de tempos em tempos. Sem preparo não é possível ver, muito menos aproveitar as oportunidades que estão surgindo.

Todo investimento que você puder fazer para aprender a investir melhor será pequeno perto do custo que terá por não saber aproveitar as oportunidades.

Mesmo que você não tenha tempo ou interesse de aprender mais sobre títulos públicos neste momento não custa nada assistir a aula gratuita que o Rafael está oferecendo neste link aqui. Já será um o primeiro passo.


Receba um e-mail quando novos artigos forem publicados, inscreva-se no Clube dos Poupadores. Ative as notificações no seu navegador clicando aqui ou no sino vermelho no canto inferior direito desta página

Sobre o Autor:

Leandro Ávila é educador financeiro formado em administração de empresas e especializado em investimentos. Por acreditar que a educação financeira pode transformar vidas, criou o Clube dos Poupadores para compartilhar seus artigos e livros sobre Independência FinanceiraInvestimentos em AçõesInvestimentos em Títulos PúblicosInvestimentos em CDB, LCI e LCA, e em Imóveis.
newest oldest
Lucas Luz
Visitante
Lucas Luz

Parabéns mais uma vez pelo artigo Leandro. Um abraço!

Leandro
Visitante
Leandro

E ai Xará, beleza?

Parabéns pelo site e artigos que escreves, são muito bons. Sempre que posso dou uma lida.
Mas continuo com uma duvida em relação a investimento que ainda não achei no seu site e nem nos similares, que seria, investimentos de “curtissimo” prazo (não sei se seria esse o nome), mas lhe explico: sou empreendedor e gostaria de saber alternativas para alocar meu fluxo de caixa, pois acabo deixando ele em conta corrente pelo desconhecimento das opções existentes. Falo de bons volumes que ficam na conta por poucos dias.

Obrigado mestre!!!

Ana
Visitante
Ana

Leandro (empreendedor)

Há bancos que oferecem aplicação de curto prazo em percentual de CDI, sem cobrança de IOF porque o lastro é em debêntures. Chama-se Operações Compromissadas. Pergunte ao gerente do seu banco sobre essa modalidade. É uma excelente alternativa para gestão do fluxo de caixa do dia a dia.

Dênis
Visitante
Dênis

Parabéns, Leandro Ávila!
Objetivo, como sempre. E um dos melhores educadores nessa área. Continue assim, com a dedicação, entusiasmo e conhecimento cada vez mais aprimorados.
Até breve, se Deus nos permitir.
Atenciosamente,
Dênis B. Batista
Coqueiral, Sul de Minas.

Luiz
Visitante
Luiz

Olá Leandro, parabéns pelo excelente trabalho!!!

No seu e-mail de chamada para a leitura desse artigo, você faz o seguinte comentário:

“Com a piora das expectativas sobre o futuro da economia o risco de investir em LCI, LCA e CDB de bancos médios, que oferecem taxas elevadas, está ficando cada dia maior. Ao mesmo tempo os juros oferecidos por bancos e pelo próprio governo estão cada vez maiores.”

PERGUNTA 1: O risco a que você se refere está relacionado a possível “quebra” de bancos médios (ou pequenos)?

PERGUNTA 2: Sei que “período de carência”, “IR” e outros fatores influenciam muito na decisão sobre: onde aplicar. No entanto, o que faria o Tesouro Direto ser mais interessante do que uma LCA ou LCI em torno de 100% do CDI, ou um CDB a 125% do CDI?

Forte abraço e que Deus o abençoe.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Leandro, utilizei o simulador do próprio tesouro, e na simulação que eu fiz obtive uma rentabilidade liquida de 11,47% a.a. Quero saber a rentabilidade mensal. Na minha lógica de matemática simples, seria 11,47%/12. Mas como estou começando a estudar e tentar mudar minha educação financeira agora, gostaria de saber se a conta é simples assim mesmo, ou se há algúm outro fator que estou desconsiderando.

Sou muito grato pelo seu trabalho que você tem feito e de forma impar!

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Achei a resposta para minha dúvida se alguém precisar: =POTÊNCIA(1 + 11,47%; 1/12) – 1

Junte-se a mais de 250.000 leitores
Inscreva-se
Seja o primeiro a receber novos artigo no seu e-mail:
Experimente, é grátis e você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link

Compartilhe com um amigo