O que você faria se o seu banco liberasse R$ 14,7 bilhões de reais para você gastar a vontade. O único problema seria a cobrança de juros. Foi o que aconteceu com alguns clientes da Caixa Econômica Federal como você pode ver na foto da reportagem abaixo (fonte).

Você pode gastar o limite do seu cheque especial da forma que desejar sem apresentar qualquer satisfação para o banco ou garantias. É um tipo de crédito pré-aprovado que a Caixa gosta de chamar de “Saldo Limite Flutuante Caucionado” como podemos ver na foto. Sem garantias e sem prestar satisfações este tipo de crédito é o mais caro que existe junto com o rotativo do cartão de crédito. Já os juros de um financiamento imobiliário são menores por que o imóvel fica alienado (Alienação Fiduciária) e caso a dívida não seja paga o mesmo serve como pagamento.

No site do Banco Central podemos ver a lista dos bancos e suas taxas de juros no cheque especial (veja aqui). Quando este artigo estava sendo escrito a taxa cobrada pela Caixa era de 4,14% ao mês ou 62,79% ao ano. É claro que isto não vale para todos os clientes. Dependendo do perfil do cliente esta taxa pode variar para mais ou para menos.

Curiosidade: Se os clientes que sofreram com o erro do banco resolvessem gastar os R$ 14,7 bilhões seriam obrigados a pagar R$ 19.8 milhões de juros por dia. Atualmente o Prêmio da Mega Sena acumulada é de R$ 17,5 milhões. Em apenas um mês a dívida aumentaria R$ 608,5 milhões. No final de 12 meses o cliente estaria devendo quase R$ 24 bilhões para o Banco. Esta dívida estaria muito próxima da fortuna do terceiro homem mais rico do Brasil Antonio Ermirio de Moraes (R$ 25,68 bilhões) do Grupo Votorantim. O quarto homem mais rico do Brasil em diante não conseguira pagar a dívida mesmo que vendesse todo patrimônio.

Transforme uma dívida de R$ 1 mil em R$ 1 milhão

Você não precisa de um limite tão elevado no seu cheque especial para construir uma dívida milionária. Você só precisa de um limite de R$ 1.000,00. Use o dinheiro da forma que desejar e deixe para pagar 15 anos depois. Você terá uma saldo devedor de R$ 1.483.075,30 (R$ 1,4 milhões) se a taxa de juros mensal for de 4,14%. Clique na figura abaixo e faça suas próprias simulações.

Lembre-se que você vive no país com maior taxa e de juros reais do mundo. Para quem prefere poupar e investir para consumir pagando menos no futuro estamos no paraíso. Para quem gosta de antecipar o consumo pagando mais estamos no pior dos mundos.

Leitura recomendada: lista de livros sobre investimentos.

Receba novos artigos por e-mail: