Expressão utilizada para a cobrança semestral de Imposto de Renda em fundos de investimento. O imposto é tributado a cada seis meses (em maio e em novembro) sob a menor alíquota da aplicação, dependendo do tipo do fundo (curto ou longo prazo), e incide sobre o rendimento semestral, que é deduzido da quantidade de cotas do investidor. Os fundos de ações não são tributados desta forma. Neles, o investidor só paga IR no resgate da aplicação.

« Back to Glossary Index