Plano para juntar dinheiro

Não adianta ganhar dinheiro, se você não poupar uma parte do que ganha, todos os meses, para realizar grandes sonhos e objetivos que dependam do dinheiro.

Quando vivemos sem um plano para juntar dinheiro, ficamos dependentes das dívidas. Você já sabe como as pessoas endividadas vivem. Elas estão sempre estressadas, correndo e com medo do futuro. Quando não temos nossas próprias economias, precisamos “alugar” as economias dos outros pagando um aluguel na forma de juros e taxas.

No Brasil, temos uma das maiores taxas de juros reais do planeta. É um péssimo lugar para acumular dívidas e um ótimo lugar para juntar e investir dinheiro. Você pode realizar seus sonhos sem depender das dívidas.

A ferramenta logo abaixo permite simular um orçamento onde sua renda será dividida em três categorias, permitindo que tenha recursos para manter o seu estilo de vida e, ao mesmo tempo, tenha dinheiro para poupar e investir para realizar grandes sonhos. Leia logo abaixo as instruções para utilizar o simulador.

Veja como fazer a simulação

No campo “Renda Atual” você deve informar qual é a sua renda familiar ou o total de quanto você ou sua família ganha todos os meses com todos os impostos descontados.

Agora informe qual percentual você quer ou pode gastar com “Despesas básicas”. Neste exemplo acima determinamos o limite de 50% da renda. Você pode estabelecer qualquer valor. Suas despesas básicas são aquelas relacionadas com a sua sobrevivência: alimentação, saúde, água, luz, transporte, etc. Quanto menor a renda familiar das pessoas e maior for sua família, uma maior parte da renda ficará comprometida com despesas básicas. Esse é o maior problema das famílias de baixa renda, pois quase tudo fica nas despesas básicas. É necessário investir em qualificação para aumentar a renda proveniente do trabalho.

No campo “Estilo de vida” determine quanto você quer ou pode gastar para manter o seu atual estilo de vida. Suas despesas com estilo de vida são aquelas que não são essenciais para a sua sobrevivência, mas que tornam a sua vida mais agradável, confortável e divertida. Exemplos: despesas com moda, salão de beleza, restaurantes, bares, lazer, viagens, pequenos luxos, viagens, etc. Suas despesas básicas e estilo de vida juntas não devem passar de 100%. No exemplo utilizamos o percentual de 30%.

O gasto elevado com o estilo de vida é o maior problema da classe média. É isso que as impede de prosperar financeiramente. Famílias com renda elevada costumam gastar grande parte do que ganham mantendo um estilo de vida caro e sofisticado, muitas vezes com uma preocupação muito voltada para a manutenção das aparências. É comum as famílias mergulharem em dívidas relacionadas com a compra de carros de padrão elevado, imóveis de padrão elevado, móveis, eletrônicos, roupas e acessórios de marcas luxuosas. Isso ocorre quando o custo do estilo de vida se torna maior que a renda familiar. Uma reavaliação sobre quanto você gasta para impressionar as pessoas, ostentando um estilo de vida sofisticado incompatível com sua renda familiar, pode ser o início de uma reflexão sobre a maneira como você gasta tudo que ganha.

O campo “Investir” será calculado automaticamente. Somente quando suas despesas básicas e custos com estilo de vida são menores que a sua renda é possível juntar algum dinheiro para investir. No nosso exemplo estabelecemos 50% para despesas básicas, 30% para a manutenção do estilo de vida e isso resultou em 20% da renda para poupar e investir para atingir o seu objetivo no futuro. Você pode aumentar o percentual para investir quando você consegue aumentar sua renda ou diminuir suas despesas.

No campo “Rentabilidade” você deve informar quanto é a rentabilidade mensal dos seus investimentos acima da inflação. Se você só sabe fazer investimentos básicos como poupança ou investimentos indicados por gerentes de banco: títulos de capitalização e fundos de renda fixa com taxas administrativas elevadas, você dificilmente terá uma rentabilidade acima da inflação. Quanto mais conhecimento você tiver sobre investimentos, menos você dependerá das opiniões dos outros sobre onde investir e maior será a rentabilidade dos seus investimentos. No exemplo utilizamos 0,5% por mês acima da inflação. Teste rentabilidades maiores e observe o impacto positivo. Invista em conhecimentos sobre como investir.

No campo “Objetivo” você deve informar o valor que pretende ter no futuro. No exemplo adotamos o valor de R$ 50 mil. Você pode adotar o valor daquilo que você pretende adquirir quando atingir o seu objetivo. Se você quiser juntar dinheiro para conquistar a sua independência financeira, leia esse livro.

Resultado do exemplo:

No exemplo, você pode observar que será necessário esperar 44 meses e meio ou 45 meses arredondados para atingir o objetivo de juntar R$ 50 mil investindo 20% de uma renda de R$ 5 mil com juros de 0,5% ao mês. O objetivo de R$ 50 mil será atingido em menos de 4 anos. Você terá poupado R$ 44.540,49 da sua renda e receberá R$ 5.459,41 de juros. Isso significa que 89,08% do objetivo será atingido com o esforço das economias mensais e 10,92% será atingido graças aos juros sobre juros que serão recebidos nesses quase 45 meses de economia.

Outros exemplos:

Experimente reduzir o custo com seu estilo de vida de 30% para 10% na simulação do exemplo. Você verá que o objetivo será atingido em 2 anos e não em quase 4 anos como no exemplo anterior.  Agora mantenha o estilo de vida consumindo 10% e troque o objetivo de R$ 50 mil para R$ 500 mil. Esse objetivo de meio milhão será atingido em pouco mais de 13 anos. Para conquistar R$ 1 milhão serão necessários pouco mais de 20 anos. Experimente trocar a rentabilidade de 0,5% por valores maiores como 0,8% ou 1% ao ano e verifique o impacto dessa mudança na redução do tempo necessário para atingir o seu objetivo.

Você pode fazer incontáveis simulações com rendas maiores ou menores. Leve em consideração que você pode aumentar sua renda com o passar do tempo. Você pode investir em qualificação ou empreender para aumentar o valor da sua hora trabalhada. Você também pode adotar outras regras como 50%-30%-20%, 50%-10%-40%, 50%-0%-50% ou pode criar a sua própria regra livremente com base na sua realidade, seu custo e estilo de vida.

A ideia não é impor uma regra, o importante aqui é motivar você a pensar sobre essas questões.

Controle das variáveis

Temos controle sobre todas as variáveis que determinam o nosso sucesso financeiro. Ganhar mais exige investimento em educação e qualificação profissional para que a sua hora trabalha se torne valorizada pela sociedade. Poupar mais exige mais educação financeira, pois quando usamos nosso dinheiro com inteligência temos mais por menos. Conseguir boa rentabilidade nos seus investimentos também depende dos conhecimentos sobre como investir melhor. Todas as variáveis para atingir os seus objetivos financeiros, no menor tempo possível, dependem de investimentos na sua educação. Os seus resultados financeiros são uma consequência das coisas que você já sabe e das que ainda precisa aprender.

Investir em CDB, LCI e LCA

Todos os conhecimentos e as ferramentas que você precisa para multiplicar a rentabilidade dos seus investimentos em renda fixa de forma imediata e segura. Aprenda a investir em centenas de bancos através de títulos privados como CDB, LCI e LCA que pagam juros acima da média.

Saber mais
Comprar

Compartilhe com um amigo