Saiba qual é o melhor investimento de renda fixa entre Poupança, CDB, LCI/LCA e título público Tesouro Selic. Faça suas próprias simulações de investimentos conservadores de baixo risco. Descubra qual investimento renderá mais com base em parâmetros que você pode definir através do simulador de renda fixa.

Leia as instruções após o simulador para saber como preencher cada campo de forma personalizada.
Edite os valores nos campos de cinza:

Investimento: informe quanto você pretende investir para que o simulador possa calcular qual será o seu saldo líquido, com imposto sobre a renda deduzido, quando for o caso. O simulador também utilizará esse valor para calcular a sua renda líquida que é o lucro que você terá fazendo o investimento.

Data do investimento: informe quando você fará o investimento.

Data do vencimento: informe a data do fim do investimento. Essas datas do início e fim do investimento são importantes para que o simulador possa calcular qual será a alíquota do imposto de renda sobre o juro que você receberá ao investir em CDB e Tesouro Selic. O simulador não calcula o imposto IOF que é cobrado quando o investimento em CDB e Tesouro Selic tem duração menor do que 30 dias. Dessa forma, só faça simulações com prazos acima de 1 mês. É recomendável que você faça a simulação utilizando a data de vencimento do título Tesouro Selic que você utilizará.

Taxa Selic: Para calcular a rentabilidade do título público Tesouro Selic é necessário informar qual será a taxa diária média da Selic entre a compra e o vencimento do título. Não temos como saber qual será a taxa Selic futura, pois o Banco Central pode mudar a taxa Selic a cada 45 dias quando as reuniões do COPOM forem realizadas. Isso significa que você terá que “chutar” uma taxa Selic média para o futuro. Para saber a taxa Selic atual visite essa página e observe a coluna “Taxa (% a.a.). Veja uma figura de exemplo:

Você perceberá que essa taxa utilizada pelo Tesouro para calcular a rentabilidade atual do título Tesouro Selic é ligeiramente menor que a meta da Selic. Você também pode simular utilizando taxas maiores ou menores considerando expectativas sobre o aumento ou redução da taxa no futuro.

Taxa de compra do Tesouro Selic: Essa taxa aparece na tabela de preços dos títulos públicos exibida nesse endereço aqui. Na figura abaixo você verá um exemplo para localizar a taxa que deve ser utilizada no formulário. Ela representa uma taxa adicional de ganho ou perda. No nosso exemplo o Tesouro Selic renderá 0,3083% acima da taxa Selic acumulada no período do investimento, que você indicou no campo anterior. É importante lembrar que o Tesouro Direto “penaliza” o preço de venda do título caso você resolva se desfazer do mesmo antes da data de vencimento. O simulador não considera esse preço de venda antecipada que sofre a influência dessa “taxa de venda” que pode ser negativa. É impossível saber qual será o preço de venda antecipada do Tesouro Selic em alguma data futura, pois isso é definido pelo Tesouro todos os dias. Uma dica que você deve considerar é que a taxa prometida pelo Tesouro é garantida somente no vencimento do título. Quanto mais longo for o vencimento do título, maior será a diferença entre o preço de compra e venda antecipada e isso penaliza a venda antecipada. Quanto mais tempo você ficar com o título, menor será essa diferença, ou seja, maior será a rentabilidade do Tesouro Selic.

Taxa B3 (Título Público): você pode verificar a taxa cobrada pela B3 para investimento no Tesouro Selic visitando aqui. Na última vez que esse artigo foi atualizado eles cobravam 0% para investimentos menores que R$ 10 mil e 0,25% para investimentos maiores. É importante considerar que se no final do investimento o saldo for maior que R$ 10 mil, a taxa de 0,25% será cobrada pela B3. Para uma melhor simulação utilize valores iniciais acima de R$ 10 mil ou abaixo de R$ 10 mil de forma que o valor de R$ 10 mil não seja atingido no saldo final do investimento.

Taxa da corretora: muitas corretoras não cobram mais a taxa administrativa. Se você ainda usa corretoras que cobram essa taxa, reflita sobre a possibilidade de mudar de corretora para reduzir os seus custos. As corretoras dos grandes bancos continuam cobrando essa taxa e ela costuma ser bem elevada. Se a taxa for cobrada, preencha o campo e veja no simulador que ela vai impactar negativamente a rentabilidade do título Tesouro Selic.

Taxa DI (CDI): Essa é a taxa utilizada para calcular a remuneração do CDB e da LCI/LCA que rendem um percentual do CDI. Para saber qual é a taxa DI atual você deve visitar a primeira página do site www.b3.com.br. Existe uma barra azul no topo onde é possível ver a “TAXA DI”.  No exemplo abaixo a taxa era de 1,90%. Você pode definir a taxa atual ou estimar uma taxa média para todo o período do investimento.

Remuneração da Poupança: Quem define a remuneração da poupança é o Banco Central. Para saber qual é a taxa atual visite esse endereço aqui. Procure na última linha, da coluna “Rentabilidade Total” que está em “Depósitos a partir de 04.05.2012 (*)”.

Percentual do CDI no CDB: A rentabilidade dos investimentos em CDBs pós-fixados são divulgadas pelos bancos e corretoras através de percentuais da taxa DI (CDI). No nosso exemplo de simulação estamos utilizando um CDB que rende 100% do CDI. Em grandes bancos essa taxa não costuma ser muito maior do que 80% do CDI. Existem bancos que oferecem percentuais muito elevados do CDI como 120%, 150% ou mais. Eu recomendo que você leia o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA para aprender a selecionar os bancos que oferecem as maiores taxas mantendo um nível elevado de segurança.

Percentual do CDI no LCI/LCA: Os bancos e corretoras que oferecem LCI e LCA divulgam a rentabilidade desses investimentos como percentuais do CDI, assim como ocorre com os CDBs pós-fixados.  LCI e LCA de bancos pequenos e médios costumam oferecer até 110% do CDI. É difícil encontrar bancos grandes oferecendo mais de 85% do CDI. Vale lembrar que LCI e LCA são investimentos isentos de imposto sobre a renda. Consulte o seu banco ou a sua corretora para observar as taxas oferecidas. Recomendo a leitura do livro  Como Investir em CDB, LCI e LCA.

Dias corridos: esse campo será preenchido automaticamente. Ele será útil para o simulador definir qual será a alíquota do imposto de renda.

Dias úteis: os investimentos CDB, LCI, LCA e tesouro Selic recebem juros todos os dias úteis. Esse campo será preenchido automaticamente e o número será utilizado para calcular o efeito dos juros sobre juros. A poupança é remunerada mensalmente, na data em que o investimento completa um mês. O simulador só utiliza meses completos. O investidor da poupança perde a rentabilidade do mês se sacar o dinheiro antes da data de aniversário do investimento.

Como ler os resultados:

Rentabilidade total líquido: essa é a rentabilidade líquida dos investimentos entre a data inicial e do vencimento que você indicou no simulador. Essa taxa já está com o imposto de renda descontado no CDB e Tesouro Selic. Poupança, LCI e LCA são isentas de imposto. A taxa da corretora e a taxa da B3 (Bolsa de Valores) estão descontadas da taxa total do Tesouro Selic.

Anual Líquido: exibe uma taxa anual de rentabilidade já com impostos e taxas descontadas.

Mensal Líquido:  exibe uma taxa mensal de rentabilidade já com impostos e taxas descontadas.

Diária Líquida: exibe uma taxa diária de rentabilidade já com impostos e taxas descontadas.

Percentual do CDI: esse campo divide taxa Anual Líquida do investimento pela taxa DI (CDI) que você informou para o simulador.

Saldo líquido: esse campo mostra quanto você receberia no final de cada investimento. Os impostos e taxas já estão descontados.

Rendimento líquido: esse campo mostra qual seria o seu lucro, ou seja, quanto você receberá no vencimento acima do que investiu. Os impostos e taxas já estão descontados.

Aprenda mais:

Vale destacar que esse simulador de renda fixa é apenas uma ferramenta com objetivo educativo. Para que você se torne um investidor de verdade, plenamente consciente sobre as decisões que toma com relação ao seu dinheiro, é fundamental que você aprenda o funcionamento de todos esses investimentos.

Se você ficar confuso ao utilizar esse tipo de planilha, isso sinaliza a necessidade de um pouco mais de investimento na sua educação financeira. Investir sem entender o que você está fazendo é um risco que pode ser eliminado através do investimento em educação.

Aqui no Clube dos Poupadores temos centenas de artigos gratuitos que aprofundam e detalham todos esses temas. Você também encontrará tudo que precisa saber, de forma mais rápida e organizada, na minha série de livros sobre investimentos, visite aqui. Temos os melhores livros sobre investimentos em CDB, LCI/LCA e o livro que ensina Como investir em Títulos Públicos. Esses livros acompanham planilhas, simuladores e ferramentas fáceis de utilizar e entender.

Para quem está investindo com foco na Independência Financeira, recomendo a leitura desse outro livro aqui para que possa elaborar um projeto bem-sucedido de independência. Todos os meus livros acompanham muitas planilhas e simuladores.

Para aumentar a rentabilidade da sua carteira de investimentos aprenda a investir em renda variável. Conheça os livros sobre como investir na bolsa por análise fundamentalista, análise técnica, investimentos em ETF e o livro sobre investimentos no exterior.

Como baixar a planilha:

A planilha (Excel) que utilizei para criar esse simulador é oferecida gratuitamente a todos que adquirem os meus livros Como investir em Títulos Públicos ou Como investir em CDB, LCI e LCA. Dezenas de outras planilhas e simuladores estão esperando você no arquivo “Planilhas e Simuladores” que acompanha os livros. Todas elas podem ser editadas livremente.

Livros para aprender a investir:

Investir em CDB, LCI e LCA

Todos os conhecimentos e as ferramentas que você precisa para multiplicar a rentabilidade dos seus investimentos em renda fixa de forma imediata e segura. Aprenda a investir em títulos privados como CDB, LCI e LCA que pagam juros acima da média. Ganhe todos os simuladores e planilhas para comparar a estudar os investimentos de renda fixa oferecidos por todas as principais instituições financeiras.

Investir em Títulos Públicos

Aprenda a conquistar as melhores rentabilidades da renda fixa através de títulos públicos que pagam juros fixos, títulos que fazem você lucrar quando os juros estão subindo, títulos que rendem mais quando a inflação dispara, títulos que depositam dinheiro na sua conta semestralmente e até títulos que valorizam enquanto os juros estão em queda livre. Aprenda a lucrar emprestando o seu dinheiro para o Governo Federal, assim como bancos, instituições financeiras e investidores fazem todos os dias gerando bilhões em lucros.

Investir nas melhores empresas da Bolsa

Aprenda a selecionar as melhores empresas da Bolsa para investir em ações. Domine os conhecimentos e as ferramentas que permitem estudar os resultados financeiros e fundamentalistas das empresas. Comece do zero e invista nas ações das empresas que mais crescem e distribuem lucros (dividendos). Livro ilustrado, rico em gráficos, vídeos e exemplos reais do mercado brasileiro. Perfeito para quem está iniciando.

Esse artigo foi útil?