Com o simulador “Tesouro Selic ou Poupança” você fará comparações entre a rentabilidade desses dois importantes investimentos de renda fixa pós-fixada. Os resultados são líquidos, ou seja, já com taxas e imposto de renda sobre o rendimento descontado da rentabilidade e do rendimento. Os campos amarelos são editáveis. Para entender como o simulador funciona leia o artigo e veja o exemplo abaixo do simulador.

Não é simples como você imagina

A comparação entre Tesouro Selic e Poupança não é simples, mas o simulador vai ajudar você nessa tarefa. O Tesouro Selic é um dos diversos títulos públicos oferecidos pelo Tesouro Direto, que é um serviço operacionalizado pela B3 (empresa que está por trás da Bolsa de Valores) em parceria com o Tesouro Nacional do Governo Federal.

Por meio do Tesouro Direto, utilizando uma corretora ou banco, qualquer brasileiro pode comprar e vender títulos públicos pós-fixados (Tesouro Selic), prefixados (Tesouro Prefixado) e títulos indexados pela inflação como o Tesouro IPCA.

O Tesouro Selic é o único título público oferecido pelo Tesouro que se comporta como um investimento pós-fixado.

Isso o torna uma alternativa para Poupança, que também é pós-fixada. Mas precisamos prestar muita atenção nas diferenças entre esses dois investimentos, pois essas diferenças podem impactar a rentabilidade, principalmente devido ao prazo, impostos e taxas.

Enquanto a poupança é isenta de imposto de renda sobre os rendimentos, existe cobrança de imposto sobre os rendimentos do Tesouro Selic. Para complicar um pouco mais, a alíquota do imposto de renda depende de quanto tempo você manterá o dinheiro investido no Tesouro Selic.

Apesar da poupança ser isenta de impostos, ela rende apenas 70% da Taxa Selic quando esta taxa é igual ou menor que 8,50% ao ano. Para complicar, se a Taxa Selic estiver acima de 8,50% a regra que remunera a poupança sobre uma alteração. A poupança passa a ter uma remuneração fixa de 0,5% ao mês (6,12% ao ano) + uma taxa divulgada pelo Banco Central chamada de TR (Taxa Referencial).

Apesar do Tesouro Selic render 100% da Taxa Selic, além da cobrança de imposto sobre o rendimento, precisamos prestar atenção no ágio/deságio no momento da compra do título e na cobrança da taxa de 0,25% ao ano da B3.

Veja que existem muitos cálculos que precisamos considerar para ter uma ideia aproximada de rentabilidade dos dois investimentos. A melhor forma de entender como o simulador funciona será através de um exemplo descrito logo abaixo.

Exemplo Prático:

Observe que o simulador já possui um exemplo configurado que você pode editar livremente. Vou apresentar cada campo do simulador.

Vamos imaginar que alguém tenha R$ 10 mil para investir. Essa pessoa pretende manter esse dinheiro investido por 2 anos e gostaria de simular o investimento no Tesouro Selic e Poupança.

No campo “Investimento” digitamos 10.000,00. Todos os campos cinza são editáveis.

No campo “Data do investimento” vamos informar a data de início do investimento que no exemplo será 01/07/2020. Você pode usar qualquer data para simular.

No campo “Data do fim do investimento” podemos colocar o dia em que pretendemos sacar o dinheiro da poupança ou vender os títulos Tesouro Selic. Você também pode utilizar a data de vencimento do título Tesouro Selic onde você pretende investir. No site do Tesouro existe essa tabela aqui com todos os títulos que você pode comprar atualmente e a data de vencimento.

No campo “Data do vencimento do título” devemos digitar a data de vencimento do título Tesouro Selic. No nosso exemplo vamos utilizar o Tesouro Selic 2025 com vencimento em 01/03/2025.

No campo “Taxa Selic Anual” devemos informar qual Taxa Selic média esperamos receber nesses 2 anos. Aqui devemos chutar um valor, pois a Taxa Selic é definida pelo Banco Central a cada 45 dias e pode iniciar ciclos de altas ou de quedas que demoram muitos meses ou até anos. As alterações na Taxa Selic é a principal ferramenta do Banco Central para o controle da inflação. Todos que investem em títulos públicos precisam entender o funcionamento de algumas variáveis da economia. Isso é tratado com detalhes e forma simples de entender neste livro aqui.

O Banco Central divulga todas as semanas uma pesquisa chamada Focus onde perguntam o que os economistas de mais de 100 instituições financeiras esperam de indicadores como a meta da Taxa Selic e outras variáveis da economia nos próximos anos. Você pode acessar essa pesquisa aqui. Basta baixar o arquivo PDF e localizar os dados como mostra o exemplo:

Veja que no exemplo acima temos as expectativas para a Taxa Selic em diversos anos. O ideal é que você faça simulações mais pessimistas ou otimistas com relação a essas taxas podendo considerar as expectativas demonstradas pelo mercado na pesquisa Focus.

Você pode observar a taxa Selic diária, que está vigorando atualmente nessa página aqui na coluna “Taxa (% a.a.) e usar nas suas simulações.

No campo “Taxa de Compra do Tesouro Selic” você deve informar a taxa que será fornecida pelo Tesouro Direto nesse endereço aqui na coluna “Rentabilidade Anual”. Exemplo: se estiver escrito “SELIC + 0,03%”, vamos usar o número 0,03%.

No campo “Taxa de venda do Tesouro Selic“, para quem vai esperar o vencimento do título, essa taxa costuma ser 0%. Se você pretende simular a venda antecipada, visite esse endereço aqui, e observe que sobre a tabela existe uma “aba” chamada “Resgatar”. Se você clicar nessa aba verá as taxas para resgate (venda antecipada).

No campo “Taxa B3” você deve informar a taxa anual cobrada pela B3 que atualmente é de 0,25%. Se ocorrer alguma mudança de taxa no futuro ela será divulgada nesse endereço aqui.

No campo “Taxa da corretora” você deve informar uma taxa caso a sua corretora ou banco ainda cobre isso dos seus clientes. Grande parte dos bancos e corretoras não cobram mais qualquer taxa para investimentos em títulos públicos.

No campo “Remuneração da Poupança mensal” você deve digitar a remuneração mensal da poupança. Você encontrará essa informação aqui.

Os campos “Dias Corridos” e “Dias Úteis” são calculados pelo sistema, já que o rendimento do Tesouro Selic é aplicado diariamente e o imposto cobrado depende do número de dias.

O campo “Alíquota do Imposto de Renda” é definida pelo sistema tendo como base a quantidade de dias entre a data do investimento e vencimento.

Nos campos “Rentabilidade líquida mensal” e “Rentabilidade líquida anual” temos a rentabilidade líquida (com impostos e taxas descontadas) em sua média mensal e anual.

No campo “Rentabilidade líquida total” temos a rentabilidade total que você terá entre o início e o fim do investimento, já com impostos e taxas descontadas.

O campo “Total Bruto” mostra quanto você receberia se não existisse cobrança de imposto de renda e taxas.

O campo “Imposto de Renda” mostra sua despesa com o imposto de renda tendo como base a alíquota que depende do número de dias corridos entre o início e o fim do investimento.

O campo “Taxa de B3” mostra qual será sua despesa total com o pagamento da Taxa de 0,25% cobrada pela B3 anualmente.

O campo “Total Líquido” nos mostra a simulação de quanto podemos ter na data final dos investimentos se as taxas se mantivessem as mesmas adotadas na simulação. Normalmente você verá que o Tesouro Selic renderá mais do que a Poupança.

O campo “Lucro Líquido” representa o lucro simulado que você terá, já com todos os impostos e taxas descontados.

É importante lembrar que uma simulação não representa qualquer garantia sobre o que acontecerá no futuro, principalmente quando estamos simulando investimentos de renda fixa pós-fixada. A Taxa Selic pode sofrer muitas mudanças no decorrer dos anos e dos meses.

Para o investidor de renda fixa é muito importante entender o funcionamento dos títulos públicos e quais fatores levam o Banco Central a modificar a taxa de juros. Eu escrevi um livro (clique aqui para adquirir o seu) com duas centenas de páginas ilustradas e dezenas de simuladores onde explico o funcionamento de todos os títulos públicos e os fatores que interferem nos seus preços e taxas. Tudo é explicado começando do zero, de forma didática e fácil de entender. A planilha que utilizei para criar o simulador acima, é oferecida de presente para todos que adquirirem o livro, juntamente com dezenas de outras planilhas e simuladores. Clique aqui para adquirir o seu livro e começar a leitura ainda hoje.

Baixar a planilha

Você pode baixar a planilha que utilizei para desenvolver esse simulador, juntamente com dezenas de outras planilhas e simuladores, adquirindo hoje mesmo o livro Como Investir em Títulos Públicos.

Investir em Títulos Públicos

Aprenda a conquistar as melhores rentabilidades da renda fixa através de títulos públicos que pagam juros fixos, títulos que fazem você lucrar quando os juros estão subindo, títulos que rendem mais quando a inflação dispara, títulos que depositam dinheiro na sua conta semestralmente e até títulos que valorizam enquanto os juros estão em queda livre. Aprenda a lucrar emprestando o seu dinheiro para o Governo Federal, assim como bancos, instituições financeiras e investidores fazem todos os dias gerando bilhões em lucros.

Esse artigo foi útil?