Venda Antecipada de Títulos Públicos

Vou mostrar para você como funciona a venda antecipada de títulos públicos como estratégia para obter rentabilidades acima das que foram prometidas pelo Tesouro Direto.

Recentemente vi algumas pessoas criticando a estratégia de comprar títulos públicos de longo prazo para vender no curto prazo. Além de criticarem a estratégia, ainda criticam sites, blogs e até autores de cursos que abordam o tema de forma didática para o pequeno investidor.

As pessoas que criticam usam o argumento de que pessoas leigas só devem fazer investimentos criados para pessoas leigas. É como se ignorância não pudesse, e não devesse, ser combatida com o conhecimento.

Na minha opinião, quando a pessoa sofre de ignorância financeira, o melhor investimento é em educação financeira.

Todo investimento é ruim se você não entende como ele funciona. Sem estudar, você não vai conseguir entender a diferença entre investimentos bons e ruins para os seus objetivos. O risco de qualquer investimento é proporcional ao seu nível de ignorância.

Venda antecipada:

No artigo que escrevi sobre o funcionamento do título Tesouro Prefixado (leia aqui) e no artigo onde falei sobre o funcionamento do Tesouro IPCA (leia aqui), mostrei que na venda antecipada você pode ter prejuízo ou uma rentabilidade abaixo do que foi combinada, como também pode ter lucros muito acima do que foram combinados com Tesouro Direto no momento da compra do título.

Tenho um artigo detalhado sobre o comportamento dos preços dos títulos prefixados diante de uma alta ou de uma queda na taxa de juros. Leia aqui.

Tenho outro artigo que fala sobre rentabilidade negativa e outro que fala sobre os preços do Tesouro IPCA.

Como você pode ver,  ser leigo é uma questão de escolha. Além disso, meus livros sobre investimentos e reeducação financeira possuem muito conhecimento e muitas ferramentas para ajudar o pequeno investidor.

Para escrever este artigo eu preciso de um exemplo.

Vamos pegar a rentabilidade dos títulos públicos entre fevereiro e março de 2016. O título Tesouro Prefixado com vencimento em 2021 teve rentabilidade acumulada de 9,03% (mês) e o que vence em 2023 rendeu 12,26% (mês).

Já o Tesouro IPCA que vence em 2024 rendeu 7,51% (mês) e o Tesouro IPCA 2035 rendeu 20,91% em apenas um mês. Essa rentabilidade só se concretizaria se você comprasse o título 30 dias atrás e vendesse esse título antecipadamente no dia que a tabela abaixo foi gerada. Você encontrará a versão atualizada aqui.

Essa rentabilidade elevada ocorrida nos mês de fevereiro e março de 2016 se deu pela queda nas taxas de juros destes títulos depois da reação do mercado diante da crise política que ocorria. Com uma mudança de expectativas, as taxas caíram da mesma forma que o dólar caiu e a bolsa de valores subiu.

As taxas de juros dos títulos Tesouro IPCA e Tesouro Prefixado sofrem fortes variações (para cima ou para baixo) diante de mudanças de expectativas sobre o futuro da economia. Diante de crises econômicas e políticas, essas mudanças acontecem rapidamente. Oportunidades podem surgir com o agravamento de crises.

É claro que se o seu objetivo é a aposentadoria e você compra um Tesouro IPCA que rende 7% acima da inflação é importante que você mantenha seu título até a aposentadoria, já que o seu objetivo é de longo prazo e não de curto prazo. Perder uma taxa ótima de 7% acima da inflação por décadas (taxa que já foi registrada no passado), para conseguir uma boa rentabilidade no curto prazo, pode não ser tão vantajoso. A venda antecipada em prazos menores só faz sentido se o seu objetivo é aproveitar essas oportunidades de curto prazo.

O gráfico abaixo mostra, na linha verde, como o preço de venda antecipada do título Tesouro Prefixado se comporta no decorrer do tempo. A linha azul mostra como será sua rentabilidade se você esperar até o vencimento.

Apesar dos títulos públicos com vencimento no longo prazo serem apropriados para quem planeja a aposentadoria, não existe nada de ilegal ou imoral comprar títulos públicos longos para vender antecipadamente se o seu objetivo é exatamente esse. Tudo é uma questão de ter uma estratégia e estar consciente do que está fazendo. Por isso é tão importante dedicar tempo estudando, lendo e fazendo cursos que aprofundam o assunto. Ser leigo é uma questão de escolha.

Exemplo do Tesouro IPCA 2024

Vamos observar o comportamento do Tesouro IPCA que vencerá em 2024. É um título que começou a ser vendido pelo Tesouro Direto em 11/08/2005. Ele já possui um grande histórico de preços e taxas para que possamos olhar seu comportamento.

Vamos imaginar que você comprou um título Tesouro IPCA 2024 no dia 11/08/2005 pagando R$ 310,05 com a garantia de que receberia 8,82% de juros ao ano mais a correção do dinheiro investido pela inflação medida pelo IPCA até 2024. Só que para receber esses 8,82% + IPCA existe uma condição. Você é obrigado a esperar até o dia 15/08/2024.

Se por algum motivo você resolver vender esse título antes do vencimento terá que aceitar o preço atual do título. Esse preço muda quase todos os dias, já que a taxa também muda. Veja a tabela de hoje. Isso significa que se você resolver vender o título antecipadamente a sua rentabilidade entre a compra e a venda do título pode ser maior ou menor do que foi prometido pelo Tesouro.

Na prática, ao vender o título antecipadamente você estará desistindo dos 8,82% + IPCA e aceitando em troca o preço atual do título negociado no Tesouro Direto. Veremos três exemplos de venda antecipada em momentos favoráveis.

Antes, é importante destacar que você pode consultar o preço dos títulos em qualquer dia do ano e de todos os anos no passado através desta página aqui. Basta baixar as planilhas e abrir no Excel. Se preferir você pode baixar a planilha que utilizei para fazer o estudo que deu origem a esse artigo. Você terá as taxas e preços do Tesouro IPCA 2024 desde o início de sua venda e o gráfico abaixo. Clique aqui para baixar.

O gráfico mostra o comportamento da taxa (linha laranja) e do preço do título Tesouro IPCA 2014 (linha azul) entre 11/08/2005   21/03/2016. Você também pode gerar gráficos online através do endereço http://tdcharts.info/titulos/NTNBPrincipal/150824

Você não precisa ser especialista em análise de gráficos para perceber três coisas:

  1. Quando a taxa aumenta o preço do título cai;
  2. Quando a taxa diminui o preço do título aumenta;
  3. No longo prazo o preço do título sempre aumenta e no curto prazo existem picos de altas e baixas.

Você pode ver claramente que o gráfico do preço do título é um espelho (uma imagem invertida) do gráfico da taxa do título. Sem precisar fazer muito esforço você vai perceber que no momento que ocorrem esses picos de alta nos juros, os títulos ficam mais baratos e você está diante de uma boa oportunidade para comprar mais títulos. Você também vai perceber que se as taxas estão em queda o preço do título fica mais caro, comprar mais títulos Tesouro IPCA se torna uma operação menos interessante.

Já se você tem títulos comprados e o seu objetivo é vender esses títulos antes do vencimento (como uma estratégia), não precisa muito esforço para perceber que quando as taxas de juros sobem abruptamente os preços dos títulos caem e não será nada interessante vender seus títulos quando os mesmos estão baratos. Já se ocorre uma queda nas taxas e o preço dos títulos sobem, você pode estar diante de uma oportunidade de venda caso faça parte do seu objetivo vender esses títulos antecipadamente. Se o seu objetivo é comprar títulos com foco no longo prazo, basta comprar mais quando as taxas atingirem picos e depois esquecer até o vencimento.

É importante não desperdiçar boas taxas. Quem comprou um Tesouro IPCA 2024 com taxa de 8% em 2005 e tem como objetivo utilizar esse dinheiro somente em 2024, não deve de forma alguma vender um título com taxa tão elevada. É importante perceber que 8% ao ano + inflação é uma boa taxa em qualquer lugar do mundo.

Taxa Média:

Calculei qual foi a taxa média registrada no Tesouro IPCA 2024 entre 2005 e março de 2016. O resultado foi 6,38%. Vamos imaginar que a média sempre esteja na casa dos 6%. Dessa forma, as taxas de 7% ou 8% que foram ofertadas no passado eram ótimas oportunidades de entrada no Tesouro IPCA, já que são taxas acima da média. Qualquer taxa abaixo de 6% seria uma taxa abaixo da média.

Vamos voltar ao nosso exemplo. Você comprou Tesouro IPCA 2024 no dia 11/08/2005 pagando R$ 310,05 com a garantia de que receberia 8,82% + IPCA em 2024, mas o seu verdadeiro objetivo era vender antecipadamente. Você não queria destinar esse dinheiro para a sua aposentadoria. Você queria investir para aproveitar a volatilidade dos títulos públicos.

Para isso você criou sua própria estratégia. Você estabeleceu um objetivo que seria vender o título antecipadamente caso ele atingisse a taxa de 6%. Na sua estratégia você só compraria o Tesouro IPCA 2024 novamente se ele atingisse 7% e só venderia se voltasse a atingir 6%. Vale destacar que não estou recomendando essa estratégia. Apenas inventei uma estratégia qualquer para ilustrar esse artigo e permitir aplicar a estratégia em dados passados.

Você estaria consciente de que essas variações de taxas podem demorar meses ou até muitos anos para acontecer. Nem mesmo existe garantia de que ocorrerá fortes variações de taxas entre a compra e o vencimento do título. Mesmo assim, você resolve adotar uma estratégia de venda antecipada.

Exemplo 1

Seguindo essa estratégia com base em todos os dados de preços e taxas antigas dessa planilha aqui, você teria vendido seus títulos no dia 17/05/2007 ou nos dias seguintes quando a taxa ficou abaixo de 6%. O preço da venda antecipada seria de R$ 603,07. Seu lucro bruto com a operação seria de R$ 292,57 por título que equivale a 94,36% de ganhos em 643 dias corridos. A taxa de juro equivalente ao ano seria de 45,82% (sem descontar IR e taxas).

Como cheguei nestes números?

A diferença entre 310,05 e 603,07 é 292,57. Se você dividir 292,57 por 310,05 encontrará 0,9436. Se multiplicar por 100 terá 94,36%. Entre a data de compra e venda do título existem 643 dias. Utilize a seguinte fórmula no Excel para converter a taxa de 94,36% no período em uma taxa anual. A fórmula seria =POTÊNCIA(1 + 94,36%; 365/643) – 1

Exemplo 2

Com base na sua estratégia você só voltaria a comprar os títulos novamente se atingissem a taxa de 7% e revenderia antecipadamente quando atingisse 6%, consciente de que isso poderia levar muitos anos para acontecer ou não. O momento da compra aconteceu novamente em  16/09/2008 por R$ 604,71. O momento da venda antecipada voltaria a acontecer em 16/09/2010 quando a taxa atingiu 6% e o preço de venda do título era de R$ 850,77. A diferença entre o preço de compra (604,71) e o preço de venda (850,77) foi de R$ 256,06. Isso representa um ganho de 42,23% em 729 dias corridos. Isso equivale a 19,28% ao ano. Se você observar qual era a taxa Selic entre 09/2008 e 09/2010 (visitando aqui) irá constatar de 19,28% ao ano foi uma ótima rentabilidade.

Exemplo 3

Seguindo a estratégia você só voltaria a comprar os títulos com taxa de 7% para vender quando a taxa atingisse 6% e sua nova compra ocorreria em 24/01/2014 pagando R$ 1.161,24 por título com taxa de 7,02%. A venda seria no dia 21/07/2014 por R$ 1.372,35. O lucro bruto seria R$ 211,11 por título. Representa um ganho de 18,17% em apenas 175 dias. Isso equivale a uma taxa de 41,65% ao ano. A taxa Selic ao ano nesse período variou de 10% para 11% ao ano como você pode ver aqui.

Veja os três exemplos no gráfico abaixo:

Estratégias:

Eu inventei essa estratégia de comprar quando a taxa atingir 7% e vender quando atingir 6% apenas para ilustrar esse artigo e mostrar que é possível sim comprar e vender títulos antecipadamente se o seu objetivo não for esperar até o vencimento. Você pode inventar a sua própria estratégia. A ideia é que você tenha a capacidade de avaliar o comportamento dos investimentos para criar suas próprias estratégias de investimento.

Não existe uma estratégia certa ou errada, boa ou ruim. Da mesma forma que alguém pode investir em títulos públicos pensando no vencimento e no longo prazo, nada impede que alguém queira investir pensando na venda antecipada.

Da mesma forma que você pode usar uma banda com taxa máxima e mínima para definir sua compra ou venda, também pode utilizar o comportamento da taxa Selic, IPCA e PIB para tirar conclusões. Existem cursos onde seus autores ensinam as estratégias que utilizam, que também não é certa ou errada, é apenas mais uma entre muitas estratégias. Veja o exemplo de um autor e desse outro autor aqui.

Seja qual for a estratégia que você irá adotar é fundamental que você saiba o que está fazendo e entenda que os prazos são bem longos. Você só deve investir aquele dinheiro que você destinou para prazos longos. Ter uma reserva para emergências é fundamental. Ela protege seus investimentos de longo prazo de uma necessidade repentina de dinheiro no curto prazo.

Corretoras:

Corretoras não gostam quando seus clientes vendem títulos públicos antecipadamente. As corretoras querem que você compre títulos de longo prazo e esqueça que esses títulos existem. Entender isso é simples. Elas recebem uma taxa anual que é um percentual do valor que você investiu. Quanto mais dinheiro você investir em títulos públicos e quanto mais tempo esse dinheiro ficar investido, mais taxa anual a corretora irá receber. Os custos operacionais das corretoras aumentam quando você fica vendendo títulos com frequência e ainda fica “incomodando” a equipe da corretora com perguntas do tipo: É hora de comprar? É hora de vender? Os juros vão subir ou vão cair? As corretoras querem que você compre títulos públicos e depois esqueça.

No caso do investimento em ações a realidade é exatamente o contrário. Todo mundo sabe que ações são investimentos de longo prazo, mas as corretoras lucram mais quando você compra e vende suas ações freneticamente. Em cada operação de compra ou venda você paga uma taxa de corretagem. É por isso que existem corretoras que criam sites de notícias e patrocinam blogs e fóruns que estimulam os investimentos de curto prazo na bolsa. É exatamente por isso que as corretoras fazem recomendações de compra e venda de ações diferentes todos os dias. Elas contratam analistas, emitem relatórios e produzem vídeos sobre o mercado para recomendar a compra ou a venda. Corretoras não gostam de clientes que compram ações com foco no longo prazo.

Por tudo é importante que você continua estudando. É isso que eu faço e sempre recomendo. Ser financeiramente ignorante é uma questão de escolha.

Dia da sorte...

Muita gente acredita que ter sucesso na vida financeira depende de um tipo sorte. Descobri uma forma de aumentar essa sorte: quanto mais você estudar sobre ganhar, poupar e investir dinheiro, mais sorte terá na sua vida financeira. Escrevi uma série de livros que vão ajudar você a aumentar esse tipo de "sorte" rapidamente:Clique aqui para conhecer os livros.

Sobre o Autor:

Leandro Ávila acredita que o conhecimento é uma riqueza que precisa ser dividida para ser multiplicada. É formado em administração de empresas e se especializou em educação financeira e de investimentos. Escreveu livros sobre Independência Financeira, Investimentos em CDB, LCI e LCA, Investimentos em Títulos Públicos e em Imóveis.
avatar
600
115 Comment threads
182 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
123 Comment authors
FabricioCaioTiago TorresGabriel Laranjeira Silvagilson lourencio dias Recent comment authors
newest oldest
Eduardo Moreira
Visitante
Eduardo Moreira

Artigo perfeito Leandro. Totalmente esclarecedor.

Abraços.

Bruno Santos
Visitante
Bruno Santos

Leandro, parabéns pelo excelente artigo.

Permita-me uma pergunta: No caso do Tesouro Prefixado 2018 (LTN) em 13% vale apena esperar até o final?

Muito obrigado

Holanda Junior
Visitante
Holanda Junior

Vou tentar responder com um conhecimento breve que eu tenho, OK? Hehe. Geralmente o título prefixado é uma questão de vislumbrar/tentativa o quanto você poderá ganhar até o vencimento, pois como o nome diz, a taxa eh prefixada. Assim, a sua rentabilidade depende muito da taxa de juros atual é como você imagina que ela vai estar até 2018. Supondo uma taxa atual de aproximadamente 10,5 de juros, sua rentabilidade seria de apenas 2,5%. E se essa taxa aumentar, sua rentabilidade tende a diminuir e vice-versa. Abraços!

Diogo
Visitante
Diogo

Mais um fantástico artigo Leandro. Obrigado.
Gostaria de saber se no canal do investidor (ceibovespa) se dá pra gente ver claramente na tela de extrato de títulos adquiridos se estou tendo ganho ou perdas com a venda antecipada dos meus títulos.
Grande abraço.

Geane Oliveira
Visitante
Geane Oliveira

O que dizer, meu querido Leandro Ávila, mais uma vez obrigada seus artigos tem acrescentado muito em minha vida. Parabéns!!!

Ranielli
Visitante
Ranielli

Muito bom, Leandro!

Possui alguns títulos de curto prazo, como o IPCA 2019, o Selic 2018 e o prefixado que vence em 2021.
Minha estratégia é retirar a maior parte do investimento em meados de 2018, pois pretendo utilizar para um intercâmbio.

Espero que eu esteja no caminho certo…rsrs

Abraço! E, como sempre, muito obrigado pelo belo trabalho que você está desenvolvendo!

Fernando
Visitante
Fernando

Excelente! Só faltou comentar a respeito do Imposto de renda. Na venda antecipada dos títulos em prazo inferior a 2 anos, o Ir vai incidir de maneira mais onerosa.
Abs

José Marques
Visitante
José Marques

Muito bom. O comentário sobre as Corretoras é muito esclarecedor. Parte do rendimento já fica com elas. Tem algumas que, além da taxa de custódia anual, ainda cobram um valor fixo mensal (!!!). Tem que levar em conta estes custos na rentabilidade final. Abços.

Fábio
Visitante
Fábio

Leandro, meus sinceros parabéns pelo artigo!!!!

Inclusive você deu essa dica no momento certo em que estamos vivendo, que é a tendência de baixa na taxa de juros por conta de mudanças no cenário econômico. Ficarei antenado com os meus títulos e de olho na baixa da taxa de juros para aproveitar as oportunidades!

Parabéns!!!!

Luiz Henrique
Visitante
Luiz Henrique

Ola Leandro boa tarde. Gratíssimo pelas informações. Sou aplicador do TD ha mais de dez anos, e como Contador, muito me interessou a área de Matemática Financeira. Longe de ser um expert, busco diariamente informações sobre este mecanismo, e sem duvida, o TD é uma excelente oportunidade de assegurar um futuro melhor, haja vistas mudanças iminentes na previdência social. Tenho letras diversificadas, visando realizações de médio e longo prazos, como também uma pequena reserva para emergências. Uma maneira de identificar oportunidades, foi, simular o carregamento do titulo ate o final com a taxa contratada, ou resgata-lo no valor presente e reaplicar na mesma direção, ou em outra modalidade do TD, verificando a diferença no final. Acho uma boa estratégia e tem dado certo. Mas o mais certo mesmo, é a receita da dona de casa: gastar menos do se que ganha e guardar a sobra, exponenciando sua capacidade de multiplicação. Forte abraço e muito obrigado. Educação, a única e verdadeira ponte para o futuro.

Rodolfo
Visitante
Rodolfo

Boa noite Luiz Henrique, tudo bem? Gostei da sua estrategia e gostaria de entende-la melhor… por exemplo: como Sr. faz para simular o carregamento até o final? o Sr. usa a calculadora de rentabilidade do próprio site do Tesouro Direto? Se sim, qual o valor da inflação do período o Sr. coloca? Obrigado.
Rodolfo

Marlon Ruttmann
Visitante
Marlon Ruttmann

Exemplos práticos e facilmente replicáveis. Só não aprende quem não quer! Parabéns, Leandro!

Janete teles
Visitante
Janete teles

Boa tarde professor.
Esse assunto veio para mim como forma de resposta de uma grande dúvida que eu tinha.
Acabei de achar a resposta e ela se chama estratégias.( venda antecipada)
Agora sim eu entendí o motivo que tanta gente falava e eu nao conseguia enxergar tantos lucros.
Eu vou estudar bastante e vou aprender e conserteza eu irei aplicar esse técnica que eu achei simplismente fantástica.
Parabéns mais uma vez por esse post.
Devagar eu chego lá…
Um abraço

Fábio
Visitante
Fábio

Leandro . Muito bom o artigo. Comprei esse titulo para 2024 a partir de setembro 2015, fiz varias compras acima de 7%. alguns batendo quase 8%. Vendi todos ontem, consegui uma rentabilidade total liquida de taxas e IR de mais de 11% em apenas alguns meses. A intensão era aposentadoria, mas eu não resisti a boa rentabilidade e resolvi correr o risco, ficarei na expectativa da taxa subir de novo.

JOEL
Visitante
JOEL

Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) 15/08/2024 6,29 – R$1.710,43
Atualizado em: 23/03/2016 11:16
ESSE VALOR VAI ULTRAPASSAR OS $ 2.000,00 LOGO LOGO…

JOEL
Visitante
JOEL

MELHOR COMPRAR OS LIVROS DO LEANDRO.

JOEL
Visitante
JOEL

BISONHO. DEVIA TER ESPERADO MAIS…

Bruno
Visitante
Bruno

Oi Leandro, boa tarde. Sempre leio teu site mas nunca comentei. Estou aqui só pra dizer que criei o hábito diário de consultar o TDcharts todo dia pra acompanhar as variações dos títulos e já ensinei minha mãe a fazer o mesmo. Tivemos um ganho legal com essa subida recente de alguns títulos graças a essa ferramenta.

Abraço pra você e parabéns pelo trabalho.

Manoel
Visitante
Manoel

Boa tarde Leandro. Parabéns, mais um excelente post. Vi a dois dias atrás um consultor de investimentos em uma revista de circulação nacional, dizendo que era hora de vender os títulos que tinham valorizado absurdamente. Era uma nota pequena e ela não explicava porque deveria-se fazer isso além claro, da valorização espetacular. Achei de uma irresponsabilidade gigantesca pois fiquei imaginando aquele investidor que comprou a taxa de 7,8, até sem querer, pois aproveitou o momento e ainda não entende muito da importância de se manter um título como esse em carteira. Vendo esse lucro espetacular ele abre mão de um lucro de longo prazo imbatível para ganhar muito no curtíssimo prazo. É importante o investidor ter com clareza que ele deve escolher entre ganhar demais no curto prazo, ou ganhar muito no longo prazo, ou seja, quem não precisa MUITO do dinheiro hoje, ou mesmo daqui a 6 meses, JAMAIS deveria vender esses títulos. Um grande abraço.

Mateus
Visitante
Mateus

Leandro,

Este é o primeiro texto que escreves no qual eu discordo de você. Para mim os Títulos Públicos devem ser comprados e serem levados até o vencimento para garantir a rentabilidade compactuada. Trades com Tesouro Direto assim como Ações são para especialistas. Eu jamais indicaria Trades com Títulos Públicos o pessoal que frequenta o teu blog, assim como eu, é amador e amadores não vencem fazendo trades. O tempo é aquilo que faz a diferença no processo de enriquecimento, então perdoe me por discordar. Continuo seu admirador, mesmo não concordando com este texto. Abraço

Agnelo Regis
Visitante

Gostei muito deste artigo. Foi em cima das minhas intenções. Comprar títulos e ficar de olho nos lucros imediatos. Parabéns.

joel gonçalves
Visitante
joel gonçalves

artigo 100% procurava a tempo o metodo de jogar com titulos tu e o cara leandro obrigado

Fabio
Visitante
Fabio

Boa tarde Leandro!

É possível investir no mesmo titulo por duas corretoras diferentes e dividir um para aposentadoria e outro para curto prazo ou independente da corretora quando ocorre uma venda o tesouro direto pega o título mais antigo?

Marcelo Freitas
Visitante
Marcelo Freitas

Fabio, você pode comprar em corretoras diferentes e usar uma conta para especular (vender antecipadamente) e a outra conta para levar até o vencimento.

Na hora de vender, você precisa selecionar o agente de custódia (corretora), ou seja, uma conta fica totalmente independente da outra. Muita gente está fazendo isso, dividindo a compra mensal em duas corretoras diferentes, cada uma com sua estratégia.

Abs

Diogo
Visitante
Diogo

Leandro, boa tarde!

Um excelente artigo!
Você me fez abrir os olhos para este fator!

Tenho comprado mensalmente titulos IPCA para aposentadoria e para os estudos da minha filha que nascerá este ano.
Vendo as altas nas taxas, quase vendi tudo, porém, este artigo me fez ver que não poderia perder as taxas excelentes que eu comprei a longo prazo (2035 e 2050). Vou reservar um dinheirinho agora apenas para especulação e criar uma estratégia para este novo cenário.

Abraços e continue sempre nos ajudando muito!

Paulo Torres
Visitante
Paulo Torres

Sei que não gosta de dar pitaco nos investimentos alheios, mas será que o Sr. acredita que comprar uma LTN hoje (taxa 13,43) é uma boa para quem quer vendê-la antecipadamente, ficando com ela no máximo 365 dias. Ainda sou um pouco neófito no tema, apesar de esta lendo muito seu site (estando sendo meu guia). A título de informação, acredito que o governo Dilma vá cair (sem nenhuma preferência política) e haverá uma diminuição nos juros do Brasil pela melhora do ambiente político, assim, tendo lido que as LTN são uma boa para quando os juros caem, gostaria de saber se o que pretendo fazer é algo racional (considerando que acho que os juros vão cair).

Abraços e obrigado pelas informações.

Marcelo Freitas
Visitante
Marcelo Freitas

Paulo Torres, para quem está iniciando na especulação com títulos públicos, LTN é o pior papel, pois é o mais arriscado.
Procure entender um pouco da dinâmica dos títulos (marcação a mercado), e olhe com carinho o IPCA+. Ele também valoriza com a queda dos juros e tem a contrapartida de remunerar a inflação do período, caso tenha que levar até o vencimento. Especular com LTN, é para quem tem bastante experiência e gosta de risco.

Felipe Pereira da Silva
Visitante
Felipe Pereira da Silva

Excelente. Nunca havia pensado em uma estratégia assim com títulos do tesouro.

Muito obrigado por mais essa Leandro.

Joao Marcelo
Visitante
Joao Marcelo

Boa tarde, Leandro.

Tudo bem com você?

Tenho uma dúvida em relação ao rendimento do tesouro direto. Por exemplo, um CDB tem rendimento diário, ou seja todo dia ele rende a taxa combinada do CDI. Em caso dos chamados CDBs fidelidade, esse rendimento é retroativo, ou seja, maiores porcentagens do CDI são aplicadas ao valor investido conforme tempo de aplicação (mesmo com o risco de o CDI diminuir). Já na poupança, diferente do CDB o rendimento é sempre no aniversário da aplicação. E em relação ao tesouro direto nos casos dos pós-fixados? O tesouro SELIC, conforme o juros estão altos, tem um rendimento alto também. Mas, conforme tenho lido, é esperado que o BACEN comece a abaixar os juros a partir do meio do ano. Nesse caso, aplica-se a retroatividade? Ou seja, vou perder o rendimento que obtive em minha aplicação durante este tempo de juros elevados?

Muito obrigado pelo excelente conteúdo.

Abraços,
João Marcelo

Renan
Visitante
Renan

Excelente matéria Leandro, parabéns!

Um título muito interessante para venda antecipada é o LTN 2023. Como o prazo é de quase 7 anos para o vencimento, uma variação de 1% na taxa de compra, representa aproximadamente 6% de lucro líquido (descontado IRPF) em pouco mais de um mês (prazo que não incidiria IOF)

Infelizmente não existe um LTN 2030 sem juros semestrais (rsrs) ou uma variação de 1% no título em um mês representaria um ganho em um mês de mais de 13% líquido.

Uma opção interessante é fazer exatamente o que você falou, ter um valor que considera interessante para compra e outro para venda. Com a instabilidade política teremos muita variação de taxas no ano e possibilidade de ganhos acumulados muito interessantes. Uma alternativa interessante ao retirar o valor de títulos vendidos antecipadamente é os colocar no SELIC até as taxas subirem novamente, não ficando sem rentabilidade em nenhum momento.

Concordo com o que você diz que as taxas podem ou não subir, entretanto um eventual ganho do governo no processo de impeachment ou a cassação das liminares contra a posse do Lula certamente teriam um resultado negativo na economia, alta do dólar e consequentemente alta nas taxas dos títulos.
Nova vitória do oposição faria o oposto. Acredito que tem-se uma grande chance de gangorra nos títulos esse ano, trazendo grandes possibilidades de ganhos (ou perdas também) muito significativas.

Marcelo Freitas
Visitante
Marcelo Freitas

Renan, quando eu comecei a estudar títulos públicos, muito por aqui nos artigos do Leandro.
As LTNs tb me “brilhavam os olhos”, vejo que é um processo natural do iniciante.

Vou dar uma dica, o caminho menos arriscado para especular com TD (venda antecipada) é o IPCA+, e por menos, não quero dizer que seja totalmente seguro. É necessario entender a marcação a mercado e a dinâmica dos juros futuros.

IPCA+ de preferência as com vencimentos mais longos, LTN é o papel mais arriscado, serve para compor parte da carteira de alguém que já domina a marcação a mercado.

Abs

milton silva guimarães
Visitante
milton silva guimarães

Acompanho e acho importante as suas aulas e sugestões, mas quanto a rentabilidade de até 20% ao mês a pessoa tem que ficar antenado 24 h/dia pra vender na hora certa; é isso? A quase totalidade do pequeno investidor não acompanha 24 h as cotações, portanto, é um investimento que não serve e mesmo a longo prazo seu rendimento está baixo frente a outras aplicações. Estou certo?
Aprendi alguma coisa em suas aulas ou não?
Milton

Alexandre Rodrigues
Visitante

É incrível como a ignorância é um atraso de vida! Estou cada vez mais convencido disso.
Artigo fantástico! Extremamente esclarecedor!
Parabéns, Leandro!
Você merece todo o sucesso que tem tido em sua empreitada!

Max Banks
Visitante
Max Banks

Leandro, parabéns pelo artigo, o que fico me perguntando (talvez vc saiba responder), numa tentativa de potencializar o acumulo de capital, seria correto comparar a rentabilidade liquida atual (de uma venda antecipada) vs a rentabilidade liquida futura acumulada (projetando diferentes cenários de inflação), ou isso não seria praticável, dificilmente (ou matematicamente) uma venda antecipada poderia suplantar a rentabilidade futura acumulada por décadas?
Quero dizer, mesmo comprando nas mais altas taxas e vendendo nas mais baixas, não seria suficiente para “ganhar” do longo prazo, e a alternativa seria realizar vários movimentos de compras e vendas para assim suplantar o longo prazo.

Fred
Visitante
Fred

Abordagem interessante Leandro, eu nunca tinha pensado sobre essa forma de investir no tesouro direto, muito obrigado pelo artigo.

Só uma pergunta, que é meio fora do contexto do artigo. Você já ouviu falar em investimento no mercado Forex? Você recomendaria algum material de estudo relacionado a esta forma de investimento?

Atenciosamente,

Eduardo
Visitante
Eduardo

Boa noite. Parabéns pelo artigo. Mas uma coisa que nunca vi ninguém comentar é que se você compra o mesmo título em diferentes datas, você pode não conseguir aproveitar essa “especulação”. Por exemplo, eu comprei IPCA 2035 em 2014 a 6,8% e comprei agora em fevereiro de 2016 a 7,8%. Gostaria de vender somente esse comprado agora mas o TD automaticamente me obriga a vender o mais antigo, fazendo com que eu não consiga ter toda essa rentabilidade.

Ewerton
Visitante
Ewerton

Parabéns pelo artigo, melhor impossível, conheci o tesouro direto por meio de um amigo há anos atrás e venho aprendendo a cada dia como esse mercado funciona e graças a materiais de qualidade que encontro na internet, inclusive o seu site, e me pergunto como não conhecia essa modalidade de investimentos? Realmente a educação financeira é fundamental e essencial para o futuro de um país, haja vista a Coreia do Sul que investe de modo forte na educação financeira de sua população, pois é matéria obrigatória no ensino fundamental. Grande abraço.

Guilherme T.
Visitante
Guilherme T.

Excelente artigo para quem deseja especular no tesouro direto. Não seria aconselhável turbinar ainda mais os ganhos utilizando o dinheiro da venda antecipada das NTNB´s para comprar TESOURO SELIC e esperar pelo próximo ciclo ?

Renan
Visitante
Renan

Leandro, mais um excelente post. Parabéns. A pergunta que tenho é: se agora não é o melhor momento para comprar títulos do TD (pois as taxas estão em baixa), para onde deve ir o dinheirinho que economizamos ao final do mês? Acho que seria interessante um investimento que tivesse liquidez, para podermos aproveitar o TD num próximo momento de alta, mas não tenho segurança para investir em nenhum produto de curto prazo. Quais seriam suas sugestões? Investir no TD mesmo com as taxas em baixa ou o quê?

Roberto
Visitante
Roberto

Leandro,

Excelente artigo.
Comprei o meu LTN 2018 no final de 2015 com taxa de 16,60%.
são 63 dias uteis. Já rendeu 9,29%.
a média da Taxa até o dia da compra que realizei é de 13,09%.
Hoje ela já está na casa dos 13,44%. a menor taxa que esse titulo chegou foi de 11,20%
Como ainda está caindo, vou aguardar e ver até onde chega pra tentar vender… mas ja vejo que rendeu muito bem…

Uma pergunta… esse exemplo que voce deu foi no IPCA… Isso vale para prefixado tambem?

abraços

Roberto

Pedro Keller
Visitante
Pedro Keller

Excelente artigo!

Aproveitando a oportunidade para informar a existencia de um aplicativo excelente, chamado “Renda Fixa”. Dentre outras opçoes, esse app disponibiliza os historicos das taxas dos Títulos Públicos!

Um abraço

TIBERIO BORGES
Visitante
TIBERIO BORGES

Cara vc me surpreende cada vez mais! Parabens! Faz o artigo com base na dúvida de muita gente e explica de uma forma muito clara! Sigo vc e o Rafael Seabra, mas vc me ajuda muito mais, hehehe!
Abraço

Jean
Visitante
Jean

Leandro, se tenho títulos ipca 2035 de diversas datas e valores, como sei qual deles será vendido em determinados momentos? Exemplo: tenho títulos com valor de face em 6,20 e só quero vendê-lo quando diminuir disso, mas tenho tildo a 7,20. Se eu quiser vender antes como farei a seleção de qual vender?

Jean
Visitante
Jean

Quero dizer, sei qual vender mas como operacionalizar isto? A escolha é pelo mais antigo? Ele faz uma média? Não sei se me fiz entender. Desculpe.

Paulo Ramires
Visitante
Paulo Ramires

Show Leandro, muito obrigado. Só não conseguir encontrar o lugar para gerar uma planilha igual essa sua para Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ). Pode me ajudar?

RS
Visitante
RS

Olá Leandro, o artigo está boom como sempre, porém, gostaria de fazer duas ressalvas:
Seria importante mencionar o peso dos tributos nesta estratégia (IR e IOF).
A tabela regressiva destes dois tributos faz com que a venda antecipada seja usualmente mais vantajosa se ela não for tão rápida.

Por ocasião da compra de um título público as corretoras cobram antecipadamente os emolumentos e despesas de custódia do referentes ao primeiro ano. Após, passam a cobrar este valor proporcionalmente.
Assim, para elas seria mais vantajoso estimular compras e vendas seguidas.
Se elas têm adotado postura diferente, possivelmente é por outro motivo e não este que indicou.
Abraço.

Bianka
Visitante
Bianka

Leandro, até hoje tenho dúvidas quando é dito “Perder uma taxa ótima de 7% acima da inflação por décadas, … ”

Pelo que eu entendi a taxa(no caso 7%) somente serve para definir o preço de compra do título, sendo que depois até o vencimento este rentabiliza a mercado(MaM)

Lógico que quanto maior a taxa menor o preço que vc pagará pelo título, mas e se vc comprar com 7%+IPCA e esta taxa cair pra digamos 4% mais IPCA daqui a 2 anos e ficar assim até 2035 ???

Aproveito para pedir sugestão do que devo fazer com meus títulos:
– TIPCA 2019 6,50%
-TIPCA 2035 7,50%
– TIPCA + juros 2050 6,5%
– Tselic colchao de segurança
Obrigado e grande abraço!

Sergio
Visitante
Sergio

Leandro,

Mais um artigo esclarecedor. Logo vou começar a fazer parte da comunidade “Amigos do Clube dos Poupadores”. Até agora os seus artigos só me fizeram melhorar em termos de conhecimentos e finanças.
Obrigado, Sérgio

Helcio
Visitante
Helcio

A minha dúvida em relação a trades com TD é outra. Vamos supor que vc tenha um título de lp que pague uma taxa elevada de juros contratada. A taxa de juros da economia cai, seu título se valoriza e vc decide vender. Precisa ter a noção de que o custo de oportunidade de ganhar aquela taxa por X anos a frente está incorporada no que vc recebeu… nada é grátis.

walter D aquino Da Silva
Visitante
walter D aquino Da Silva

Nobre Prof. Leandro, boa noite. Excelente artigo.
Separei meu capital em 3 frentes: Curto Prazo (Pre-Fixado Selic), Longo Prazo (visando minha aposentadoria em 2035) e especulação.

Estou trabalhando com parte deste capital, como mostrei acima, aplicando e analisando o mercado, ganhando com a instabilidade. A 4 meses atrás não conhecia nada do TD, mas graças a sua informação, estudos, leituras, acompanhamentos e conversas com outras pessoas, estou aprendendo ainda sobre o mercado financeiro.

Nestes 3 meses (Jan a Março) no TD já ganhei mais de 15% líquidos. Não pensem que sou algum grande investidor, muito pelo contrário, tirei para especular um pequena parte do meu capital e acredito que todos podem fazer isso, basta querer. Gostei da frase “Ser financeiramente ignorante é uma questão de escolha”. Temos que aproveitar as oportunidades!

Eduardo
Visitante
Eduardo

Obrigado, Leandro, por mais um texto muito esclarecedor, mas tenho uma dúvida; onde aplicar entre a venda antecipada e as novas compras? Deixa em Tesouro Selic mesmo?

Jean Azevedo
Visitante
Jean Azevedo

Leandro, ótimo como sempre!! Vou comprar teus livros. Vc mudou a forma como enxergo os investimentos. Parabéns!! Vc teria como disponibilizar uma planilha que simula essas vendas antecipadas?? Queria comparar as rentabilidades do período de compra até agora, descontando a inflação e tals. Aproveito para uma última pergunta sobre esse assunto: se detectar rentabilidade de 30% por exemplo, seria vantajoso retirar o lucro do período apenas ou teria que retirar todo o valor para valer a pena?? Obrigado!!

Rowilson
Visitante
Rowilson

Parabéns Leandro, sempre com ótimos artigos. Resumindo, para eu saber quanto vou receber se vender meu titulo antecipadamente basta multiplicar a minha fração do titulo pelo atual preço de venda e descontar IR?

Ricardo
Visitante
Ricardo

Muito bom! Obrigado por compartilhar seus conhecimentos de modo tão claro e didático!

Ricardo
Visitante
Ricardo

Olá Leandro!
Aproveitando, descobri um aplicativo para Android recem lançado, muito legal para acompanhar a rentabilidade líquida de investimentos em tesouro direto! Acredito que será muito útil para os membros do clubedospoupadores! Um abraço! Ricardo https://play.google.com/store/apps/details?id=com.marcosqueiroga.meutesouro

Frankleildo dos Anjos
Visitante
Frankleildo dos Anjos

Mais uma vez, parabéns pelo conteúdo, extraordinariamente bom. você não faz ideia de quanto me ajudou e continua ajudando. Obrigado

Alan Ramos
Visitante
Alan Ramos

Excelente texto. Você foi mais “didático” que muitos professores de alguns cursos que encontramos na internet. Além disso, percebo no texto sinceridade e clareza. Sintetizou muito bem, o conceito de compra e venda antecipada. Por isso acompanho seus textos e livros. Obrigado !!!!

Elder
Visitante
Elder

Não poderia ler um artigo de tamanha grandiosidade sem felicitá-lo por mais uma magnífica aula. Obrigado!

Compartilhe com um amigo