Ficar rico: trabalho duro ou inteligente


É comum o cultivo da crença de que para enriquecer ou atingir uma prosperidade financeira acima da média é necessário trabalhar duro, trabalhar muito, sacrificando a saúde, os finais de semana, o lazer e o convívio com amigos e familiares.

Hoje quero falar sobre o erro que é acreditar que enriquecer tem relação com o trabalho duro, trabalho sofrido, trabalho durante uma enorme quantidade de horas sacrificando todas as áreas da vida. Muitos usam essa desculpa quando justificam a sua acomodação.

As pessoas que enriquecem de forma honesta e justa não são aquelas que trabalham duro. São aquelas que trabalham de forma inteligente.

Clique na figura abaixo para assistir ao vídeo. Ele vale por 1000 palavras.



Os ciclistas estão pedalando exaustivamente. Fazem um enorme esforço por acreditarem que somente a força pode fazer a diferença entre ser o primeiro e o último.

Enquanto todos estão gastando tempo e energia fazendo força, um dos ciclistas coloca a cabeça para funcionar. É para isso que ela serve.

O trabalho inteligente produz mais riquezas do que o trabalho duro.

Imagine quantas pessoas estão focando no esforço quando poderiam colocar a cabeça para funcionar. Todos podem pensar em como fazer mais utilizando menos tempo, menos recursos e menos força. Pensar não custa nada. É isso que cria a grande diferença entre as pessoas. O resto é desculpa. Enquanto umas pensam em soluções inteligentes, outras apenas fazem força.

As profissões que exigem mais esforço costumam ser aquelas que remuneram menos enquanto as que exigem mais inteligência são as que remuneram mais.

Os profissionais que desenvolvem a capacidade de planejar, liderar, comunicar, imaginar e buscar soluções para os problemas são os que recebem mais promoções e, gradativamente, passam a ocupar os melhores cargos nas empresas. Já os profissionais que só sabem “pedalar”, ficam onde estão, fazendo força, acreditando que é a força que produzirá algum resultado.

O profissional que só sabe “pedalar” é o que mais facilmente pode ser substituído. Ele é o primeiro a ser demitido quando a economia enfrenta uma crise e a empresa precisa reduzir suas operações. Ele é o primeiro a ser demitido quando novas máquinas e tecnologias são criadas. O profissional que só pedala, recebendo as ordens daqueles que pensam, são os que prosperam menos financeiramente.

Durante toda a minha vida eu sempre busquei respostas para a pergunta: “Como eu posso fazer essa atividade gastando menos tempo, consumindo menos recursos e fazendo menos esforço para obter o melhor resultado?

Levo essa reflexão comigo para todas as atividades que faço, até mesmo fora da minha vida profissional. Eu acredito no trabalho inteligente. Até pela minha formação acadêmica (sou administrador de empresas) existe uma busca contínua por soluções que tornem tudo mais eficiente.

Experimente refletir sobre isso nos próximos dias. Sempre que estiver diante de uma tarefa rotineira faça essa pergunta mágica para você mesmo(a) e deixe a sua cabeça funcionar gratuitamente.

Levantar as pernas e parar de pedalar, para vencer a resistência do ar, é uma solução inteligente. O problema é que “parar de pedalar” vai contra o senso comum. As pessoas podem estranhar. É necessário ter um pouco mais de conhecimento e flexibilidade para concluir que o invisível (o atrito com o ar) sempre deve ser considerado.

Empresas privadas e públicas estão repletas de burocracias inúteis, falta de planejamento, retrabalho que poderia ser evitado, desperdícios de tempo, dinheiro e outros recursos. Por trás de tudo isso sempre existem pessoas que estão fazendo um trabalho duro, mas que não estão colocando a parte mais nobre do corpo para funcionar que é a cabeça.

No mundo dos investimentos, quanto maior for o seu nível de conhecimento sobre os diversos investimentos que existem, mais inteligentes serão as suas decisões. Assim como é importante para o esportista entender um pouco sobre as leis da natureza (exemplo: aerodinâmica), é importante para todo profissional entender um pouco sobre as leis do dinheiro.

Para atingir a prosperidade financeira, coloque a sua cabeça para funcionar. O enriquecimento depende mais do trabalho inteligente do que da força bruta.

Continue aprendendo...

Se você gostou desse artigo, tenho certeza que também vai gostar da série de ferramentas, planilhas e livros que preparei para ajudar você. São conhecimentos e ferramentas que desenvolvi para o meu uso e que agora estou compartilhando entre os meus leitores. Clique aqui para conhecer os livros.

Sobre o Autor:

Leandro Ávila acredita que o conhecimento é uma riqueza que precisa ser dividida para ser multiplicada. É formado em administração de empresas e se especializou em educação financeira e de investimentos. Escreveu livros sobre Independência Financeira, Investimentos em CDB, LCI e LCA, Investimentos em Títulos Públicos e em Imóveis.
avatar
600
56 Comment threads
76 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
64 Comment authors
João Pedro AraújoViviane MatosMeiryAdriana Altero VelozoRODRIGO Recent comment authors
newest oldest
LEONARDO
Visitante
LEONARDO

Parabéns pelo artigo Leandro. De maneira simples exemplificou a forma inteligente de vencer obstáculos !!!

João Bezerra
Visitante
João Bezerra

muito bom como sempre.

Felipe Bressane
Visitante
Felipe Bressane

Excelente artigo Leandro, estou há um tempo conversando com um amigo (que felizmente possui a mesma mentalidade/mesmo foco), e estamos fazendo estudos sobre os nossos resultados e esforços ao longo dos anos. Exemplo: com as taxas atuais, levaríamos 30 anos para atingir o $$ que queremos. A pergunta que estamos fazendo:
– Como reduzir essas perspectiva para 20 anos? Depois para 15? E para 10?
Chegamos a conclusões importantes, e decidimos que empreender nos ajudará a alcançar este patamar mais rápido. Mas tudo isso porque paramos para pensar.
Seu artigo veio em boa hora, como sempre! Grato.

Felipe Bressane
Visitante
Felipe Bressane

Só um complemento do texto anterior, agora o foco é: Como aumentar a renda que ganhamos, para consequentemente investir mais, e acelerarmos o processo de Independência Financeira que temos? Está rendendo boas discussões e boas ideias, acredito muito no conceito de que “quando mentalizamos num objetivo específico, parece que o Universo nos entende e ajuda”, porque as oportunidades ESTÃO aparecendo, e são coisas óbvias, que sempre estiveram bem na cara, mas que faltavam serem observadas por outros ângulos.
Como sempre, você ajudando com seus artigos que são verdadeiras aulas! Grato de verdade!

AFDM
Visitante
AFDM

Muito bom o seu artigo Leandro, mas nunca vi ninguem fazer o que esse ciclista fez numa volta a Franca, ou Espanha ou Italia. Mas vale a mensagem.

ninguem
Visitante
ninguem

e tudo fictício; talvez seja um comercial; nota-se que os caras estão quase sem pedalar pro outro passar; era só pra passar a ideia, erronea, que só é bem sucedido quem é inteligente; como se todo mundo tivesse que ser ou que seja como bil gates, dentre outros que tem uma otima ideia, vende e fica rico; se não tiver os que só pedalam, voce pode ter a melhor ideia do mundo que sem eles também não conseguirá; não concordo com essa ideia de que todo mundo tem que ser igual, tem que criar, tem que empreender; acredito que tem gente que tem perfil. outros não

ALEXSANDRO SANTANA
Visitante
ALEXSANDRO SANTANA

Ninguém, recomendo você mudar sua postura, quem sabe suas atitudes, não te conheço mas o pouco que você escreveu e a forma como você se apresenta fala muito de você. Esse espaço do Leandro é ótimo para te dar um “mindset” melhor. boa sorte!

Giancarlo
Visitante
Giancarlo

Niguém, pense: Se todo mundo começar a fazer o que aquela ciclista fez, comece a pensar de novo, para fazer algo que te deixará ne frente de novo. E assim, sucessivamente…

A mensagem: Sempre procure raciocinar em cima de um problema antes de o atacar de forma reativa. Espero ter contribuído para seu melhor entendimento.

Ótimo artigo Leandro,

Abraços

Giancarlo
Visitante
Giancarlo

Obrigado Leandro!

Tenho uma curiosidade Leandro. Você está presente em TODOS os comentários! Quantos comentários em média você lê por artigo? Creio ser uma quantidade enorme rsrsr Isso toma muito seu tempo?

Obrigado por nos ajudar a refletir e estar sempre presente nos comentários! Que continue o excelente trabalho.

Abraços!

Giancarlo
Visitante
Giancarlo

Muito bom!

Vou verificar o curso, achei interessante.

Em breve também estarei adquirindo os livros do site!

Fique com Deus!

Lucas Vieira
Visitante
Lucas Vieira

Mais um excelente texto, Leandro!
E o interessante é que não existe uma única maneira de “parar de pedalar”. Cada um tem que descobrir a maneira mais inteligente de fazer as coisas considerando as circunstâncias de tempo, lugar etc em que está inserido.
É essa capacidade do ser humano de pensar no diferente, de reinventar o modo de fazer algo, que move o mundo para frente.
Cumprimento-lhe mais uma vez pelo texto. Abraço!

Leandro
Visitante
Leandro

Exato colega, pois se parar de pedalar funcionasse em qualquer meio lento ou pessoa, estariam todos os ciclistas ainda na linha de largada e as bicicletas sequer teriam pedais.

Ramon Ricardo
Visitante
Ramon Ricardo

Olá Leandro,
Esse vídeo mostra também que devemos trabalhar em equipe. Diminuir a visão que sei e consigo tudo, pois assim é ter trabalho duro!
A estratégia dos ciclistas em provas longas é essa: o velocista (“CEO”) fica atrás do pelotão que quebra a barreira do ar, traz água e suplementos, etc.
No final, ele sai de trás e dá o “sprint” final e ganha dos velocistas de outras equipes. Leva o prêmio, mas nunca conseguiria sem toda uma equipe.

Claudinei Catarino
Visitante
Claudinei Catarino

Pessoal, que a paz de Jesus e o amor de Maria estejam convosco!
Leandro, este artigo me veio na hora certinha! Às vezes nos atemos tanto na busca de uma solução que esquecemos de observar alguns princípios básicos.
Que Deus abençoe vocês, suas famílias e todos os seus projetos.
Fiquem com Deus e salve Maria Imaculada!

Breno
Visitante
Breno

Obrigado por mais um ótimo texto, Leandro.
Um assunto que considero cada vez mais relevante na área de finanças são as criptomoedas. No passado eu tive uma certa desconfiança, pelo fato de achar que poderia se tratar de uma bolha. Porém, procurei me aprofundar sobre o assunto, para tentar entender mais. Fiquei impressionado com a fundamentação teórica, independência dos bancos centrais e mecanismos matemáticos que garantem a eficiência e a proteção contra inflação, bem diferente do que ocorre com as moedas fiduciárias. Creio que seja o futuro. Você concorda? Tens algum livro para recomendar?

Tiago
Visitante
Tiago

Leandro, parabéns pelas explicações.
Sendo investidor no Brasil, uma das minhas principais preocupações é em relação à inflação futura. Mesmo existindo meios de se proteger um pouco, ela sempre atrapalha. Infelizmente, a emissão de dinheiro por parte do governo/bancos está sempre corroendo o poder de compra da nossa moeda. Há quem diga que a principal causa da inflação seja o sistema de reservas fracionárias, que permite a geração de dinheiro a partir do nada, para atender os interesses dos donos da impressora. Você concorda?

Adriano
Visitante
Adriano

Ótimo artigo, Leandro !

Especialmente pra mim que estou vivendo um momento conturbado do ponto de vista financeiro, esse tipo de reflexão ajuda bastante.Gostaria de deixar uma pergunta (se você puder fazer um artigo sobre, melhor ainda) !

Como adquirir (ou desenvolver) essa capacidade de trabalhar de maneira inteligente ?

Buscando conhecimento (obvio), refletindo sobre a sua realidade. Você acrescentaria mais alguma coisa ?

Abraço e sucesso !!!

Seatiel A.
Visitante
Seatiel A.

Excelente, gostei mesmo

Jeferson da Silva Moiano
Visitante
Jeferson da Silva Moiano

Boa reflexão, joia.

Marcelo de Brito Garcia
Visitante
Marcelo de Brito Garcia

Muito bom. Na minha área de desenvolvimento de software é um dos meu lemas: Lei do mínimo esforço para atingir um bom resultado. Parabéns.

Marcos Fermino
Visitante
Marcos Fermino

Prezado Leandro, por acaso sou ciclista amador, e contratei assessoria esportiva para melhorar minha performance. Para minha surpresa, descobri que, ao contrário do que eu fazia, deveria reduzir o n. de horas de treino, focar em tipos específicos de treinamento para otimizar resultados e guardar mais períodos para repouso. Ou seja, trabalhar de forma mais inteligente e racional. Assim é com tudo na vida.Devemos fazer investimentos de forma inteligente, de modo que nos ocupe o menor tempo possível para gerenciar e otimize os resultados. Mais um grande artigo da sua autoria, como sempre! Abraço!

Marcelo Neves Queiroz
Visitante
Marcelo Neves Queiroz

Muito Bom!!!

Dinheiro Investimento e Lazer
Visitante
Dinheiro Investimento e Lazer

É importante os dois: trabalhar duro e trabalhar de forma inteligente.

Ambos se completam, quando alguém trabalha dessa forma atinge o sucesso!

Abraço e bons investimentos.

Leandro
Visitante
Leandro

Nossa😱😱😱 eu preciso aprender sobre investimentos, mas não sei por onde começar.. pode me ajudar? Obs: tenho 20 anos, mas acho que já estou bem velho……

Edson de Souza
Visitante
Edson de Souza

o T.R.E.M do sucesso> tempo, recursos e esforço minimo para alcançar o maixmo
Gostei….vou experimentar 🙂

Urbano
Visitante
Urbano

Eu sempre acreditei que a inteligência supera a força física, procuro executar minhas atividades profissionais sempre pensando muito antes de fazê-las

CELIANE
Visitante
CELIANE

Obrigada!

Maicom
Visitante
Maicom

Ótimo artigo e boa reflexão, seu clube e um excelente aprendizado. Obrigado por partilhar esse conhecimento, de cara obtive uma impressão boa sobre os conteúdos, parabéns e continue com esse trabalho, só não cresce quem não quer.

Dênis Barbosa Batista
Visitante
Dênis Barbosa Batista

TRABALHAR COM A CABEÇA É COLOCAR EM PRÁTICA MAIS DO QUE A PRÓPRIA GRAMÁTICA, É PELEJAR POR UM FUTURO PROMISSOR, DE FORMA ÍMPAR, E NUNCA DEIXANDO, DE LADO, O QUE TEM MAIS VALOR, COMO O AMOR À FAMÍLIA, COM QUE SE CONCILIA UM POUCO DE CADA COISA COM A ROTINA DE CADA DIA, COM CERTEZA. DE NOVO, ESTÁ DE PARABÉNS, EXÍMIO PROFESSOR DE FINANÇAS; E, A TODOS NÓS, TENDO A DIGNIDADE, EM QUALQUER REALIDADE, COMO FORTE E SÁBIA VOZ, DE VÁRIOS MODOS, MUITO AMOR, FÉ E RENOVADAS ESPERANÇAS! DÊNIS B. BATISTA. COQUEIRAL, SUL DE MINAS. 13/09/2018.

Ednei Belotti
Visitante
Ednei Belotti

Queria eu aplicar essa forma inteligente de trabalhar em minha principal fonte de renda (loja de venda de motos, consórcio, peças, acessórios e oficina). Chego a ficar na loja 16hs/dia. Sinto-me refém, escravo. A sensação é q com minha ausência nada vai ser vendido, nada vai ser resolvido, nada vai funcionar. Em contrapartida, não me sinto cansado, sinto-me cheio de energia e forças. Mas sei q minha saúde, a cada dia, é prejudicada. Fico hs sem beber água… Alimentação totalmente irregular. Já estou há 3 anos sem feriados (abri a loja em todos eles). Férias? Penso! Mas nem sei como e quando.

wanderson
Visitante
wanderson

Amazing….sensacional o artigo, apesar de já conhecer o site……caí por acaso na página, mas refletindo bem, vejo que isso foi uma mensagem do universo pra mim ……um abraço!

Gérson
Visitante
Gérson

Obrigado mais uma vez Leandro! Já faz algum tempo que lhe acompanho. E sempre vc traz conteúdo relevante aqui na net. Para o bom entendedor suas palavras soam como especializações e confirmações. Parabéns e continue. Quero mais uma vez reforçar o convide para vc conhecer a nossa cidade aqui no sul, Veranópolis.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Leandro parabéns pelo artigo.
Coloco sempre meus filhos para lerem sua matérias como parte da educação financeira deles.
Uma imagem perfeita para introdução de seu artigo.
Espetacular.
Muito obrigado pelo conhecimento.

David Pereira
Visitante
David Pereira

Muito Obrigado!

Excelente artigo, como sempre!

André Silva
Visitante
André Silva

Bom dia Leandro um simples e ótimo exemplo fácil de entender muito bom um Excelente e Abençoado final de semana Amém .

Adriano joaquim de araujo
Visitante
Adriano joaquim de araujo

Excelente artigo, parabéns!

edison
Visitante
edison

Leandro!
Acompanho a publicação de todos os seus artigos, e dentro do possível procuro introjetar/aplicar as dicas e ou conhecimentos transmitidos.
Este seu artigo acima, li e reli algumas vezes. Ele contem um ensinamento profundo, complexo e que poucos na minha vivência e opinião ja nascem com este talento. Considero que em caso contrário, com dedicação e perseverança torne-se este talento, um hábito.
Este artigo foi um dos melhores que já li. Agradeço a sua intenção de compartilhar conhecimentos como esse.
Muito obrigado,
Abraço

Diego Souza
Visitante
Diego Souza

Excelente artigo Leandro!!!

Parabéns!

Roberta
Visitante
Roberta

Trabalho em uma empresa pública e realmente a burocracia é brutal!

Sou engenheira recém formada… confesso que estou incomodada com tudo isso!

Não sei o que fazer da minha carreira!!!

Iara
Visitante
Iara

Bom dia, Leandro. O rendimento da poupança constituída antes de maio de 2012 pode ser mais vantajoso que o rendimento de outros produtos de renda fixa ? Agradeço antecipadamente, se puder responder. Onrigada também por todo o conteúdo disponibilizado.

Luiz
Visitante
Luiz

Excelentes texto e analogia. Parabéns!!

Eduardo
Visitante
Eduardo

Uma dúvida, Leandro. Recentemente saiu a notícia que um dos candidatos à presidência “…acredita que é preciso fazer uma auditoria cidadã da dívida (provável calote), cancelando o pagamento de juros compostos, o que acarretaria em não pagar a dívida corretamente. A consequência seria uma subida de juros para compensar o risco”. Seria a ruína do sistema. É possível mudar as regras no meio do jogo, aplicando aos títulos que já estão vendidos, ou se só valeria para os próximos a serem lançados? Isso seria a gota d’água para eu abandonar essa nação, que pune o esforço e beneficia a malandragem.

Celio
Visitante
Celio

Grande Leandro. Vejo você defender, com razão, a importância de votar de forma consciente, nas pessoas certas, e não nos artistas do circo da política, com promessas impossíveis e com bastante apoio popular. Concordo totalmente. O problema é que a maioria da população é formada por analfabetos funcionais e que não conseguem nem mesmo realizar operações elementares de matemática, quanto mais interpretar notícias políticas e planos de governo! Você é uma pessoa com profundos conhecimentos, porém o peso do seu voto é o mesmo do cara que nunca leu um livro. Isso me faz desanimar com o futuro.

ALEXSANDRO SANTANA
Visitante
ALEXSANDRO SANTANA

Parabéns Leandro! muito bom o texto, você foi um dos primeiros orientadores financeiros que comecei a acompanhar no início de minha curta jornada como Investidor, no início de 2017, e você foi importante na minha preparação, seus textos me deram um verdadeiro alicerce para construir meu patrimônio de forma equilibrada e racional. Hoje tenho já formada minha carteira de ações, renda fixa e atualmente me preparando, estudando para no início do próximo ano iniciar minha carteira de FIIs. Você junto com outros orientadores me tornaram uma pessoa mais educada financeiramente. Obrigado!

Rogerio Ademir Caetano
Visitante
Rogerio Ademir Caetano

Que bacana o artigo Leandro.
Estava sentindo falta deste conteúdo de impacto que vós sempre publicou.
Partilho desta mesma visão.
Estou pesquisando assuntos relacionados ao “aumento de energia” para reciocinar mais e melhor em todas as áreas. Cheguei a alguns temas relacionados à Tesla, fisica quantica, meditação, alimentação com restrição à proteina animal, vibração e leis harmonicas da natureza dentre outros mais. À principio pode parecer fora de contexto mas no final tudo está correlacionado.
Um forte abraço
Rogério

marcio
Visitante
marcio

kkkkkkkkkkkkk O cara da bike é simplesmente INSANO !!!!!1

Explicação top!!

Ilustração mais top ainda com o vídeo!!!!

Luis Fornari
Visitante
Luis Fornari

Fantástica analogia! Pensar q precisamos nos acabar para ter prosperidade (em todos os niveis) é se manter na matrix q só interessa para quem não quer dividir a riqueza hj concentrada nas maos de poucos. Parabéns

Fabrício
Visitante
Fabrício

Leandro, em muito boa hora seu artigo. Acabei de me matricular num curso que ensina a organizar a vida financeira e também como aprender a ganhar mais dinheiro. O valor do curso é em torno R$ 1.000,00. Ainda estou em fase de análise e poderei solicitar reembolso se assim deseja dentro do prazo determinado. Confesso que fiquei em dúvida se vale a pena esse tipo de investimento ou se compensa mais ler livros que em tese é mais barato, podendo utilizar a diferença para aportar nos meus investimentos. Poderia me dar um conselho? Desde já, muito obrigado.

Ion Sampaio Andrade
Visitante
Ion Sampaio Andrade

Como diz o saber popular, que diz “quem menos estuda trabalha mais e ganha menos”. Oportuno texto, obrigado.

Felipe
Visitante
Felipe

Seria muito interessante se a vida fosse somente uma descida….
Mais a vida é feita de altos e baixos, pra você poder descer dessa maneiro, você teve que pedalar muito pra chegar la em cima , e se você pedalou “devagar” (não pegou pesado no trabalho),vai ficar la entre os últimos colocado. mesmo que você tenha técnicas como esta, você não conseguirá chegar na frente, pois pedalou devagar na subida.

Eu acredito que você deve pegar pesado até você ser o especialista da sua área. Após isso, você pode trabalhar com inteligência

loide
Visitante
loide

Muito bom …

Paulo dos Santos
Visitante
Paulo dos Santos

Que video foi esse… que estrategia desse ciclista e verifiquei que ele ficou bem distante dos outros. Adorei essa parte do texto “O problema é que “parar de pedalar” vai contra o senso comum. As pessoas podem estranhar….” Tinhamos um restaurante e nao estavamos felizes com a rotina…vendemos o restaurante e passamos a fazer somente marmitex, mas a rotina era quase a mesma… Conseguimos entrar no ramos de festas, levando nossos pratos e cardapios, reduzindo drasticamente nosso trabalho e consequentemente nosso dinheiro, mas vivemos bem melhor hoje em dia. Obrigado por mais essa inspiração

Agostinho Hamuti Lourenço
Visitante
Agostinho Hamuti Lourenço

Excelente informação! Porquê reinventar a roda, quando ela já existe?

Hudsonberg
Visitante
Hudsonberg

Excelente artigo, seus artigos agregam muito valor.

Amarildo
Visitante
Amarildo

Cara, você deve ser de outro planeta. Nem Peter Drucker escreve coisas tão contundentes quanto você.
Parabéns! Continue sua jornada com fé, coragem e perseverança. Tenho certeza que você deixa muitas pessoas pensando em como mudar a realidade financeira delas.
Abraços.

Jonas Lira
Visitante
Jonas Lira

Muito obrigado Leandro seus artigos estão mudando minha vida financeira

Compartilhe com um amigo