O Investimento Milagroso


Você começou a suspeitar que não existe um método milagroso de investimento, como os muitos que aparecem por todas as partes aqui mesmo na internet. Também começou a perceber que não adianta viver feliz só no presente, fingindo que o futuro não te espera.

Se somente você pode construir o seu futuro e precisa começar do zero ainda hoje, por onde começar? Veja se você se identifica ou se identifica alguém nessa mensagem que recebi por e-mail de um leitor do Clube dos Poupadores:

Acompanho o seu site a um tempo. Na época eu estava fazendo faculdade e tinha o costume de poupar, mas depois que comecei a trabalhar, reparei que fiquei como o resto dos brasileiros, usando o cartão e essas coisas toxicas e perdi esse habito tão importante e inclusive tinha parado de acompanhar o site.​ Mas nos últimos meses, com essa situação do país e da previdência, lembrei do site.​ Queria te perguntar, apesar da enorme quantidade de conteúdo que tem no site Clube dos Poupadores, o que eu devo fazer para recomeçar do zero, para conquista a independência financeira (sou novo ainda e quero aproveitar o tempo que tenho).​ Que livros você me recomenda para começar a ler e aprender para conquistar esse objetivo (eu reparei que você lançou vários sobre diversos temas). Eu queria poder traçar um caminho, uma estratégia para que em médio e longo prazo eu possa começar a ver os frutos desta minha iniciativa.​ Vou iniciar do saldo zero.​ E não quero ficar dependendo do meu gerente bancário e nem dessas empresas de investimento com esses métodos ‘milagrosos’.

Manter o hábito de poupar e investir não é uma tarefa fácil, pois exige persistência, paciência e um objetivo forte que te motive a continuar trilhando esse caminho por muito tempo. Esse motivo forte implica em uma espécie de comprometimento.

O problema é que todas essas coisas estão em falta (persistência, paciência e um motivo forte que resulte em comprometimento). Percebo que as pessoas desistem muito rapidamente e estão sujeitas a se motivarem pelos motivos que os outros impõem, não pelos motivos que elas mesmas definiram. E quando não foi você que definiu o objetivo, movido por motivos próprios, o comprometimento se torna muito frágil.

Essa fragilidade nos desvia do caminho com muita facilidade. Ter um bom motivo, nos coloca novamente no caminho. Outras coisas também nos colocam de volta a pensar nesse caminho.

A situação do país, com tantos exemplos de tragédias ocorridas por um descuido com o planejamento do futuro, também nos coloca novamente no caminho. Reforma da previdência, necessária pela falta de preocupação do país (e seus políticos) com o futuro, também nos coloca novamente no caminho. As consequências duras dos atos passados, os fatos que não podem ser negados, nos jogam com muita brutalidade de volta no caminho.

Mesmo assim, todos os estímulos que você receberá de amigos, parentes e da própria sociedade, através da internet e de outros meios de comunicação, serão no sentido contrário de qualquer plano pessoal de longo prazo para a construção de um futuro melhor, pois tudo que se prega atualmente é imediatismo e baixo comprometimento.

Quando você diz apesar da enorme quantidade de conteúdo que tem no site Clube dos Poupadores, o que eu devo fazer para recomeçar do zero, para conquista a independência financeira (sou novo ainda e quero aproveitar o tempo que tenho) eu entendo e leio essas palavras da seguinte forma: “Leandro, eu sou jovem e por isso quero aproveitar a minha juventude, não quero ler a enorme quantidade de conteúdo que existe no Clube dos Poupadores, mas eu quero saber o que devo fazer para começar do zero”.

É como se algo em você acreditasse que eu tenho alguma fórmula milagrosa não revelada perdida no meio de todo esse conteúdo. Mas no final da mensagem você escreve: Não quero ficar dependendo…  dessas empresas de investimentos com esses métodos milagrosos. Isso mostra que uma parte de você gostaria de um milagre, mas a outra parte já percebeu que o milagre não existe fora de você. O milagre está dentro.

E esse milagre dentro de você  diz que precisa ter paciência, persistência e um bom motivo que se mantenha com a força de vontade necessária para construir um futuro financeiro melhor sem depender de ninguém, mesmo com todos fazendo o contrário. Isso não será rápido.

A vida não é curta

Sim, eu sei que você é um jovem no meio de outros jovens e você sente como se a vida fosse muito curta e tivesse que aproveitar ao máximo antes que tudo acabe.

A verdade é que vida não é curta como os jovens imaginam. Isso não é uma notícia boa para quem nunca pensa no futuro.

Recebo muitas mensagens de homens e mulheres com 40, 50, 60 anos ou mais que gostariam de voltar no tempo com a consciência, conhecimentos e experiências que possuem hoje. Eles já sabem que a vida não é tão curta assim. Sabem que a vida é bem longa e o futuro que teremos é sempre uma construção, uma consequência do que fizemos décadas antes.

O grande milagre que você tem nas suas mãos nesse momento é ser jovem. O tempo é seu aliado nessa construção. Já a sua inimiga é a falta de conhecimentos, mas isso tem solução.

Se você puder acelerar esse processo de ganho de conhecimento e experiência, você terá a matéria prima para fazer o seu próprio milagre. Felizmente eu tive experiências na minha juventude que me forçaram a amadurecer e a buscar conhecimentos de forma muito precoce. Isso foi a base do milagre que promovi na minha vida e que hoje me permite estar aqui nessa tarde fazendo o que eu gosto de fazer.

O grande desafio é…

O seu grande desafio é escapar dos extremos. Existe um caminho do equilíbrio que é muito pessoal. Você não precisa deixar de ser jovem, de curtir a sua vida no presente para cuidar somente dos planos que irão construir uma vida cada vez melhor no futuro. É possível fazer as duas coisas, principalmente quando você ainda tem muito tempo como aliado.

Quanto mais a idade chega, menos tempo temos, embora isso possa ser compensado pelo conhecimento e experiências acumuladas. Se eu tivesse que começar do zero hoje, chegaria no topo novamente de forma mais rápida e sem tantos tropeços. Por isso, o conhecimento compartilhado pelos que já trilharam o caminho é algo tão valioso, mas que infelizmente poucos jovens valorizam.

Eu escrevi um artigo gratuito chamado “comece aqui” que dá uma introdução sobre a importância de construir fontes de renda que possam libertar você no decorrer da sua vida profissional. Eu escrevi um pequeno livro gratuito (pouco mais de 30 páginas) chamado “Primeiro Passo: Independência Financeira” que motivará você a refletir sobre o grande motivo que o fará ter a força de vontade necessária, por muitos anos, até se tornar independente. Além de todos os outros artigos que existem aqui no site, para os que estiverem realmente comprometidos, tenho um livro sobre independência financeira, com mais de 180 páginas e várias ferramentas de uso pessoal. Não existe nenhum milagre nesse material, pois esse milagre está dentro de você e o objetivo de tudo que escrevo é motivar você para que realize esse milagre por conta própria.

Leitura recomendada: lista de livros sobre investimentos.

Receba um e-mail quando novos artigos forem publicados, inscreva-se no Clube dos Poupadores. Ative as notificações no seu navegador clicando aqui ou no sino vermelho no canto inferior direito desta página

Sobre o Autor:

Leandro Ávila é educador financeiro formado em administração de empresas e especializado em investimentos. Por acreditar que a educação financeira pode transformar vidas, criou o Clube dos Poupadores para compartilhar seus artigos e livros sobre Independência FinanceiraInvestimentos em AçõesInvestimentos em Títulos PúblicosInvestimentos em CDB, LCI e LCA, e em Imóveis.
newest oldest
ELIANE MARIA DA SILVA
Visitante
ELIANE MARIA DA SILVA

Estou com 40 anos agora, minha vida finaceira sempre foi um desastre, por que praticamente dava todo meu pagamento para minha mãe, e nunca me preocupei com nada, pois estava com ela, mas o problema foi quando resolvi caminhar com as proprias pernas, hoje tenho varios consignados na folha e pequenas dividas que no maximo em 6 meses quitareia, proximo passo desenraizar os consignados do holerite, formar meus fundos de emergencia e começar a investir, obrigada pela grande ajuda, suas leituras ajudam muito. Eliane

Mari Estudiosa
Visitante
Mari Estudiosa

É realmente difícil sair do imediatismo. Apesar de eu já ter quase 40 anos, luto diariamente contra a minha vontade de ficar no meu ócio criativo em vez de focar em questões mais práticas. Sou especialista em aproveitar bem o tempo. Leio, danço, canto, estudo, etc. Então o meu maior motivo para ter independência financeira é exatamente esse: poder ter mais tempo para fazer tudo o que eu gosto e considero interessante. Quando eu vejo que estou me acomodando demais, volto à rotina de atividades que vão me levar a essa independência tão almejada. Cada um deve encontrar aquilo que mais o motiva.

Alessandra
Visitante
Alessandra

Caro Leandro, gostaria de parabenizar você não apenas pela excelência do conteúdo apresentado sempre de forma clara e didática neste site, mas também pela civilidade com que você trata seus leitores. Embora existam muitos educadores financeiros, nem todos investem em cortesia, em respeito, em trato cortez com o público.

Alessandra
Visitante
Alessandra

Se pudesse dar um “like”
no seu comentário, eu daria…acompanho o Clube dos Poupadores desde de 2015 e o Leandro é ótimo.

Tiago Oliveira
Visitante
Tiago Oliveira

Todos nós temos a oportunidade de realizar escolhas, as nossas escolhas é o que vai determinar como vai ser o nosso futuro. Em vez de ficar perdendo tempo olhando vídeos sem importância no youtube, porque não dedicar esse tempo lendo livros, acompanhando conteúdos de economia, enfim, algo que agregue conhecimento. Eu evito perder tempo olhando reportagens que não me complementa, procuro filtrar tudo que envolve assuntos relacionados ao que realmente eu busco.

Acompanho diariamente o Clube dos Poupadores.

Parabéns.

Cleyton SIlva
Visitante
Cleyton SIlva

Leandro, parabéns mais uma vez pelo artigo. Você conseguiu demonstrar o sentimento de pessoas que não conseguiram esse conhecimento quando jovens.
Abraços.

marcos
Visitante
marcos

Leandro, muito bom seu texto, bem esclarecedor! Acompanho o clube dos poupadores há uns 3 anos, foi nessa época que comecei a investir. Comecei a investir não tão jovem rs, antes colocava o dinheiro na poupança sem muito planejamento. Esse ano faço 40 anos e já adquiri um bom conhecimento para investir, alcancei em janeiro de 2019, 200.000 em ativos que estão divididos em tesouro direto, ações e fundos imobiliários. Esse último acho um investimento fantástico para quem quer viver de renda no futuro. Um abraço e muito obrigado pelos seus ensinamentos.

Marisa
Visitante
Marisa

Olá, obrigada por tantas informações prestadas para nós meros mortais perdidos na vida. Tenho 31 anos e estou começando a vida nos investimentos. Queria saber se o Clube dos Poupadores tem algo relacionado a day trader, como posso aprender a utilizar.

Obrigada! 🙂

Andreia
Visitante
Andreia

Bom dia Leandro,
Tenho um bebê de 10 meses e estou começando a investir em Tesouro Selic 2023 pra ele ter um valor no futuro para os estudos ou outras coisas importantes para a vida dele.
Meu marido e eu vamos colocando um pouco por mês na conta dele
Estou no caminho certo? Deveria fazer algum outro tipo de investimento, tendo em vista que é algo pra médio e longo prazo?

Pedro Andrade
Visitante
Pedro Andrade

O motivo para poupar é que vai manter ou não a pessoa focada, trilhando esse longo e lento caminho. Quando comecei logo defini, que iria poupar pra aposentar mais cedo assim ter liberdade, tempo. Isso tudo é um processo, não existe fórmula mágica. O milagre está dentro do indivíduo, então tem que começar moldando a maneira de pensar. E depois aplicar as técnicas de investir aprendidas. Eu me desprendi de muitas ideias errôneas. Hoje meu desejo de consumo está apenas em ativos. É onde está a riqueza.
Esse blog vale ouro! É uma pena alguns não perceberem.
Obrigado Leandro, mais uma vez!

Alex
Visitante
Alex

Olá Leandro

Em primeiro lugar, meus parabéns pelo site. Conteúdo de excelente qualidade.

Fica aqui uma sugestão de artigo para o site: Possuo 20 mil reais e estava avaliando se valeria a pena adquirir a vista um sistema solar fotovoltaico ou investir em renda fixa.

Minha conta de luz mensal gira em torno de R$ 500,00.

Em alguns sites (todos de empresas de energia solar) falam em retornos de até 22%…..

Senti falta de um artigo “isento” avaliando o real custo benefício deste tipo de investimento.

Abraço!

Alexandre Figueiredo
Visitante
Alexandre Figueiredo

Olá Leandro , parabéns pelo artigo. Sempre compartilho seus artigos nos grupos de família, amigos, na i´dei de difundir a “Educação Financeira” principalmente para meus familiares. Digo isso pois na minha família existe um problema sério quanto a essa questão. Não tive essa “educação” por parte dos meus pais e nem um irmão mais velho “me orientando”. Comecei a minha vida profissional com 30 anos já que fiquei muito tempo estudando . E sem nenhuma bagagem sobre “educação financeira” e com exemplos negativos na minha família, “prometi para mim que eu tomaria um caminho diferente. Obrigado”

Gustavo
Visitante
Gustavo

Seus artigos batem recorde. É um melhor que o outro, sempre com novos ensinamentos sobre educação financeira, ou reforçando conceitos ja apresentados. Li seus três primeiros livros e estou aguardando o novo sobre análise fundamentalista. Obrigado pela partilha de algo tão valioso que é seu conhecimento e experiências. Obrigado por nos ajudar tanto!

Ariadna
Visitante
Ariadna

Leandro, como vai?
Sinto dificuldade em reservar uma porcentagem do meu dinheiro para emergência, outra para poupança e outro para o apartamento que quero comprar. Como fazer isso, mesmo ganhando pouco?

Déborah
Visitante
Déborah

Olá Leandro, parabéns por mais um artigo excelente! Estou investindo há quase um ano, e este blog é, de longe, uma das melhores fontes de insights pra mim. Acho que trabalhar a mentalidade sobre finanças um dos pontos mais cruciais pra virada de chave na vida financeira.

E eu imagino o trabalho que é responder os comentários, mas suas respostas são tão legais quanto o próprio texto. Obrigada pelo seu trabalho e pelo tempo que você dedica aqui.

Lucas Soliguetti
Visitante
Lucas Soliguetti

Não costumo comentar muito nos artigos, mas tenho que dizer que sou muito grato pelo seu trabalho, Leandro! Seus artigos e ebooks são uma verdadeira inspiração. Tinha muito receio sobre investir em ações, especialmente depois de ter perdido algum dinheiro quando o tentei em 2015, e desde então estava investindo em renda fixa apenas. Graças ao seu excelente ebook sobre análise técnica, identifiquei o que estava fazendo de errado antes e voltei para esse tipo de investimento, desta vez muito mais preparado e confiante. Muito obrigado mesmo pelo ótimo trabalho!

Mateus
Visitante
Mateus

Leandro, excelente artigo. Eu sempre acompanho o blog e me considero uma pessoa consciente sobre a importância de poupar/investir. Acompanho o blog com o objetivo de aperfeiçoar essa arte. Recentemente adquiri o seu livro sobre Análise Técnica. Excelente, por sinal. Porém, após fazer a primeira leitura, percebi como o tempo é importante nesse processo de aprendizado. Para investir na bolsa, é preciso realmente um estudo e não apenas leituras ou indicações superficiais de onde e quando investir. Nesse aspecto, portanto, vejo que estou apenas no início de uma longa jornada! Parabéns!

Tiago
Visitante
Tiago

Uma bela reflexao para todas as pessoas, sobretudo aos jovens que tem o tempo mais ao seu favor!! Gostaria que muitas pessoas que eu do meu convivio terem a atitude de mudar de vida e pensar mais em suas situaçoes financeiras, vejo muitos pais trabalhando ate tarde da noite, para ganhar mais dinheiro e,e,e, e torrar mais dinheiro… um ciclo que parece nao ter fim, triste realidade que enxergo por ai. Grande abraço Leandro

Aline
Visitante
Aline

Olá Leandro, que bom ver a área de comentários aberta novamente. Como sempre, mais um artigo excelente.

Rosa
Visitante
Rosa

Leandro,
Sou sua fã e acompanho todos os seus artigos, mas nunca fiz nenhum comentário. Além dos livros sobre investimentos, também sugeriria ao leitor uma gramática, para ele revisar e aprender um pouco da língua portuguesa – por exemplo, uso de “a” e “há”, acentuação, etc.
Como acredito que você não vai publicar esse comentário, diria que o leitor está com uma certa “preguicinha” de estudar, estudar e estudar…

Marilene
Visitante
Marilene

Olá. Parabéns pelo senso de realidade que tens.
Sempre tive um bom salário mas gastava muito com minha mãe e filho.
Hoje, aposentada vejo que o tempo passou muto rápido, minha mãe morreu e meu filho, acostumado a ter facilidades, caiu na esbórnia. Foi quando encontrei teu site que realmente tive vontade e forças para me recuperar, emocional e financeiramente.

Agradecida pelo seu trabalho.

Paulo Cesar
Visitante
Paulo Cesar

Caro Prof Leandro, como é bom constatar a reabertura da área de comentários, igualmente enriquecedores, tais quais os seus artigos. Na atual situação econômica do país, fazer investimentos pensando no futuro tem se tornado uma árdua e difícil tarefa para o trabalhador assalariado. Mas, com a sua valiosa e generosa ajuda, vamos conseguindo alguma evolução, ainda que em um ritmo bastante lento. Já adquiri vários das suas publicações e sou mais um entre os que estão ansiosos pela finalização do livro sobre análise fundamentalista.

Almeida
Visitante
Almeida

Se eu tivesse que começar do zero hoje, chegaria no topo novamente de forma mais rápida e sem tantos tropeços….

Leandro, Boa Tarde. Acompanho você faz muito tempo e admiro muito a forma simples e verdadeira que você expoe suas idéias e ensinamentos. Acho você um dos melhores educadores financeiros que existe hoje no Brasil e seu site, indiscutivelmente o mais completo inerente ao assunto finanças.

Achei muito interessante esta sua colocação acima, pois com 57 anos, como também chegar ao topo de forma rápida e sem tropeços?

Abraços

Edmilson

Junte-se a mais de 250.000 leitores
Inscreva-se
Seja o primeiro a receber novos artigo no seu e-mail:
Experimente, é grátis e você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link

Compartilhe com um amigo